Ibovespa diário- Resultados - 1/2/2010 a 5/02/2010

O Ibovespa diário está numa trajetória perigosa para baixo. Depois de cair na semana passada, o Ibovespa deu um "rebound" com alguns relatórios de vendas de casas e de algumas empresas americanas. Na espera da decisão do FED americano e do BC brasileiro ficou em compasso de espera e lentidão. Chegou a subir para 64 mil pontos. Mas então começaram a ressurgir os boatos de calote da Grécia e agora da Espanha e Portugal, duas economias importantes na Uniãoe Européia. O IMa agora atingiu seu valor mais baixo desde começo de Setembro do ano passado.

Para quem acompanha essas análises, deve ter lido na semana passada a explicação sobre a importância do patamar IMA=0,8. Estatísticamente e históricamente, com valores abaixo de 0,8 na descendente é sinal que as bolsas não voltam mais. Poderá ocorrer pequenas ressurgências de algum relatório ou fato, mas tudo indica que o Ibovespa tende a cair muito mais a partir desse mês.

 

Bovespa intraday- Resultados - 1/2/2010 a 5/02/2010

Na figura ao lado são apresentados três gráficos onde aparece em linha contínua preta o índice Ibovespa, com dados tomados automaticamente a cada 15 minutos. A linha vermelha é a análise da transformada wavelet do Ibovespa para o nível de estresse e possível crash (quedas abruptas mas a nível de 15 minutos) e o gráfico em azul é a transformada wavelet para o nível de entrada no mercado.

A semana começou com a indicação de compra (linha azul) chegando a zero mas de repente o sinal de venda começou a aumentar. Pode-se reparar que o sinal de crash começou a subir antes mesmo dos relatórios e das reuniões, ou seja, não foi decorrente do ânimo dos investidores, mas das altas frequências das negociações do Ibovespa. Compras e vendas muito próximas mas sempre ascendente fizeram o IMA de crash aumentar. Na quarta-feira terminou indicando que era hora de vender e ficar fora do mercado. Na quinta-feira de manhã, o mercado já abriu em queda forte e não parou mais. Como já explicado no site, pode-se observar o longo período onde o valor ficou praticamente constante em 67 mil, lembrando um terreno sinuoso. Isto é alta frequência e pode-se observar em seguida a grande queda da semana. Nesse dia o Ibovespa fechou em queda de mais de 4%.

O IMA de entrada está forte e é bastante natural os investidores acharem que o fundo do poço chegou e entrarem comprando. Então pela indicação do IMA, um trade rápido de compra para venda na terça-feira pode ser um bom negócio. Isso porque as quedas quando acontecem não só caem, mas tem rápidos lampejos de subida para depois continuarem a cair. O melhor momento foi com Ibovespa a 61 mil, mas ainda pode ser bom momento de day-trade nessa segunda. Mas para mais de dois dias é arriscado, visto que o IMA diário já está mostrando que a tendência mudou, e teremos uma longa trajetória para baixo.

Análise IMA