Ibovespa diário- Resultados - 28/06/2010 a 02/07/2010

Novamente os dados americanos de desemprego são a vedete da semana que passou. Isso já estamos alertando há meses nesse site, inclusive com textos específicos usando dados para mostrar que se essa variável não melhorar, nada no mundo financeiro melhora.

A semana vinha ficando de lado quando quinta-feira o banho de água fria veio em forma de dados direto dos EUA. Outro fato importante noticiado nos EUA é que foi descoberto que a AIG "entregou" ao Goldman Sachs um montante significante para aplicação no mercado financeiro. Em nossa visão isso também não é novidade pois já escrevemos textos sobre isso. O mercado só não caía pois todo o dinheiro do mundo usado para segurar as empresas e bancos estavam sendo usado para especulação em bolsas e não para recuperação econômica. Quando a bolsa de Nova York reabrir na terça-feira esse respingo ainda pode virar chuva.

E no Brasil, não temos muita opção. A vedete do mercado está começando a deixar de ser interessante (Petrobrás). A ação da Petro está derretendo lentamente e não se recuperará nos próximos meses. Pelo menos enquanto o vazamento de óleo do golfo persistir e a dúvida sobre os novos lançamentos de ações continuar. Pulverizar ações no mercado em troca de montante financeiro para o pré-sal ainda é um ponto obscuro nessa história.

O IMA voltou a cair para 0,64 e como está ainda alto, para investidores de longo período ficar fora é a melhor estratégia.

IMA crash = 0,64

IMA entrada = 0,00

Bovespa intraday- Resultados - 28/06/2010 a 02/07/2010

Na próxima semana voltaremos às análises normais intraday.

 

Análise IMA