Mudanças Abruptas

Análise Semanal Ibovespa

02/05/2011 a 06/05/2011

 

Osama Bin Laden contaminou os mercados. Ao contrário do que previram os analistas, não houve euforia e as bolsas caíram com a morte do Bin Laden (se é que ele morreu). Principalmente a Bovespa caiu com mais frequência do que normalmente vinha fazendo. Nos EUA algumas empresas decepcionaram e o desemprego voltou a aumentar. Antes estava em 8,8% e agora está novamente em 9%. Na Europa FMI e União Européia estão apertando Portugal para aumentar as restrições e aperto monetário. O empréstimo deve ficar na casa dos 70 bilhões de euros.

No Brasil a Bovespa lutou para subir todos os dias, mas não resistia aos ataques e voltava a cair forte. A culpa generalizada da mídia e analistas foi para os estrangeiros. Analista brasileiro não perde a mania de tentar associar quedas e altas a eventos lineares e simples, como as afirmações dessa reportagem (leia). É interessante aparecer na mídia, mas um pouco mais de estudo tornaria os assuntos melhores de debate. É parcialmente correto que os estrangeiros estão saindo e se posicionando como vendidos (em mini-contratos futuros). Mas existe duas simplificações absolutamente simplórias e errôneas:

(1) Os estrangeiros saem do Brasil e a bolsa cai. Errado. Por isso nosso sistema na webpage "mudancas abruptas" está calculando e colocando todos os dias o relatório da Bovespa sobre o fluxo de estrangeiros (veja aqui). Esse fluxo está caindo desde Fevereiro, e inclusive em períodos quando a Bovespa subia. Por que só agora os estrangeiros são culpados? Mesmo eles saindo em Março e começo de Abril a bolsa teve algumas semanas de alta. Hipótese errada de nossos analistas.

(2) História da Carochinha: Os estrangeiros estão se posicionando como vendidos e isso está derrubando a Bovespa. E os brasileiros? São santinhos e só estão assistindo? Claro que não, os fundos brasileiros adoram a ponta vendida e foram os maiores responsáveis em 2008 por aumentar a queda da Bovespa durante a crise, achando que estavam fazendo grandes negócios. Por isso, não precisa de ciência para ver o quão essas análises são simplórias e errôneas. Sim, os estrangeiros tem sua culpa pois o volume é grande, mas os brasileiros também são os responsáveis, inclusive quando apostam que a inflação vai virar hiper-inflação. Estão pressionando a alta de juros pois estão se posicionando em títulos de longo período para ganharem com os juros pré-fixos mais inflação anual.

O petróleo caiu abaixo de US$ 99,00 pois, os EUA estão abarrotados de óleo e existe um sentimento de alívio por conta da morte de Osama Bin Laden. O próximo da caçada de helicóptero será Kadhafi. Mubarak será condenado à morte pela justiça do Egito e o presidente da Síria colocou a batata pra assar. Não vai durar até o fim do ano. Mudanças abruptas no mundo!

O IMA-crash diário desepencou como nunca para 0,60 acompanhando a queda do Ibovespa. Como sempre estamos dizendo, se você é cauteloso, esqueça bolsa agora. IMA crash alto é sinônimo de perda de longo prazo. Não caia na tentação das reportagens e invista de maneira segura. Bolsa não é hora, ela vai cair ainda mais.

 

IMA crash = 0,60

IMA entrada = 0,00

 

 

A linha vermelha é a análise da transformada wavelet do Ibovespa para o nível de estresse e possível crash (quedas abruptas mas a nível de 15 minutos) e o gráfico em azul é a transformada wavelet para o nível de entrada no mercado

Na análise de 29/04/2011 foi dito:"O IMA-entrada perde força agora, mas o IMA-crash ainda não apareceu. Segunda-feira a Bovespa deve continuar sua rota de subida e deve ser um bom momento ainda de compras. Se a bolsa subir forte o IMA-crash deve aparecer no meio da semana. Mas como ele ainda está em zero não dá para saber ainda quando teremos outra virada para baixo. Logo, aproveitar uma entrada nessa segunda-feira é uma boa opção". A bolsa não subiu e o IMA-crash não apareceu. Na verdade o IMA-entrada voltou a se reforçar com a queda mais acentuda do Ibovespa. Mas ainda continua bom período para compras bem curtas. Quem comprou nessa semana, ou na anterior, deve ficar atento pois a jogada do mercado é essa, bater aqui para comprar depois.

O IMA-entrada intraday está caindo rápido, principalmente nessa sexta-feira quando a bolsa estancou as perdas e reagiu um pouco. Petrobras e Vale não deixam a bolsa subir pois, o mercado internacional está achando o preço do minério e petróleo muito altos para a demanda existente. É momento de comprar? Sim, para quem é arrojado e acompanha minuto a minuto o mercado é um bom momento pois, o IMA entrada está indicando que vai a zero até terça-feira. Quem comprou semana passada ou início dessa semana deve ter um pouco mais de paciência e esperar após quarta-feira para começar a compensar as perdas. Isso claro, se o Bin Laden não aparecer.

 

FATOS RELEVANTES POSITIVOS

PETROBRAS vai pagar R$ 0,20 por ação como juros de seu lucro.

Indice de confiança do consumidor americano sobe nessa semana.

EMBRAER lucrou 287% no primeiro trimestre de 2011 em comparação ao mesmo período do ano passado.

NET lucrou 132% no primeiro trimestre.

ITAU lucrou 9% no primeiro trimestre.

PETRÓLEO despenca caindo mais de 10% na semana. Estoques americanos estão altos.

DOLAR sobe 1% e agora está no patamar de R$1,60

 

FATOS RELEVANTES NEGATIVOS

OGX apanhou muito em Abril, caindo 14%.

BOVESPA lança 4 novos índices no mercado. Vai aumentar a confusão.

GERDAU teve lucro 29% menores no primeiro trimestre em comparação ao mesmo período do ano passado.

Ouro sobe forte na semana.

 

 

 

 

PRÓXIMA SEMANA

Verificar dados da economia japonesa e da Europa no que diz respeito a Portugal.

 

dias observação 490

Eventos(sinais de alerta de crash)

38
Acertos 30 (79%)
Falsos Alarmes 08 (21%)
Queda média -2.20%
Queda máxima -6,6%
Queda mínima -0,08%
Valorização média nos falsos alertas +1,46%
Valorização máxima nos falsos alarmes +2,3%
Valorização mínima nos falsos alarmes +0,2%
Tempo médio até o mínimo valor após o sinal de alerta 2,94 dias
Tempo máximo até o mínimo valor após o sinal de alerta 7,4 dias
Tempo mínimo até o mínimo valor após o sinal de alerta 30 minutos