Mudanças Abruptas

Análise Semanal Ibovespa

04/07/2016 a 08/07/2016

 

Eduardo Cunha renunciou à presidência da Câmara dos Deputados. Mas isso ainda não é motivo para comemoração. O escracho ao brasileiro ainda continua. Foi apenas mais uma jogada estratégica para sua defesa e adiamento da cassação.

Agora o "nobre" deputado quer que seu processo de cassação volte a estaca zero, pois segundo ele o processo foi aberto quando ainda era presidente, e agora não é mais.

Não dá nem pra comentar o raciocínio que essa figura desprezível tenta colocar na mente do cidadão comum. Vamos ver se um dia realmente comemoraremos a imagem do deputado com as mãos para trás entrando na Van da PF.

O ministro da Fazenda Henrique Meireles divulgou o rombo com o qual o governo trabalhará no ano que vem: R$ 139 bilhões. Mais um número para não se respeitar, como sempre. E não será diferente dessa vez.

O TCU suspendou o vergonhoso acordo que o governo através da Anel pretendia fazer para salvar a Oi. Trocar dívidas de multas por investimento na empresa é simplesmente apostar na burrice geral do Brasil. É o novo governo tentando salvar empresas de amigos.

A Standard&Poors rebaixou a nota de crédio do BB e a Moody's rebaixo a nota da Cemig nessa semana.

Na Inglaterra ocorrerá a primeira reunião do BC após saída do país da UE. Novos procedimentos em relação as medidas fiscais e investimentos deverão ser traçados, inclusive levando em conta um novo primeiro-ministro.

Na verdade será uma primeira-ministra. Os concorrentes são duas mulheres, que conduzirão o país. A última foi Margaret Thatcher.

Nos EUA, Obama agora vai a comício da Hillary e alfineta o tempo todo o concorrente Donald Trump. Esse, pra variar, só fala asneiras.

O investimento estrangeiro na Bovespa continuou aumentando nessa semana. Agora os estrangeiros representam 54% dos investidores na Bovespa. Isso é um perigo para o futuro. Acompanhe nossa medida em nosso monitor de estrangeiros.

O IMA-entrada diário caiu bastante nessa semana com a alta da Bovespa de quarta-feira até sexta-feira. Para longo prazo o IMA-entrada ainda mostra que é interessante investir nas ações. Mas leia-se... longo prazo (anos).

IMA crash = 0,00

IMA entrada = 0,76

 

 

A linha vermelha é a análise da transformada wavelet do Ibovespa para o nível de estresse e possível crash (quedas abruptas mas a nível de 15 minutos) e o gráfico em azul é a transformada wavelet para o nível de entrada no mercado

ANÁLISE SEMANAL - Bovespa Intradiário ( dados a cada 15 minutos)

Em nosso relatório do dia 01/07/2016 escrevemos: "...IMA-crash está oscilando em alta, nos mostrando que para a semana que vem poderemos ter um forte queda no Ibovespa. Como está oscilando em torno de 0,9 a queda será bem forte e poderá ocorrer já na abertura dos mercados de segunda-feira....".

Precisa escrever algo sobre o dito antes?

Realmente até 11:50 o Ibovespa estava em alta, mas após o almoço de segunda-feira o índice virou para baixo. O IMA-crash estava quase encostando em seu máximo valor (1,0) e o Ibovespa não resistiu. E caiu forte até quarta-feira.

Na segunda o Ibovespa começou com 52.425 pontos e chegou no fundo do poço na quarta-feira as 11:30, aos 50.862 pontos. A queda foi de 3,8% em relação ao máximo valor de segunda-feira. O IMA nos alertou na sexta-feira da semana passada sobre essa provável queda. Nada de surpresa então.

Com o início das conversações sobre vendas das áreas de petróleo em áreas rasas pela Petrobras, as ações dispararam. Isso fez o Ibovespa ter um rally de alta até sexta-feira. O Ibovespa terminou a semana aos 53.126 pontos.

Mas o IMA-crash nos alerta novamente.

A partir de segunda-feira da próxima poderemos esperar nova e forte queda. Já na abertura dos negócios o Ibovespa poderá começar em baixa e acelerar sua queda ao longo do dia. Com IMA-crash em seu máximo, em média a queda sempre aparece em dois dias úteis, e isso poderá ocorrer na semana que vem.

Quem está fora, cuidado!

Para as ações, escrevemos na semana passada:

"...As ações do Itaú tem alta probabilidade de queda para a semana que vem. O IMA-crash da ITUB4 passou de 0,8, o que mostra chance de virada para essa ação..."

 

Pode-se observar no comportamento da ação, no gráfico a seguir, que o IMA-entrada deu um ótimo acerto. A linha vermelha, quando mudou de tendência, anunciou forte queda para a ação, o que realmente aconteceu. E o resultado das ações pode ser visto abaixo. Em vermelho nosso IMA-crash, em preto o preço das ações apresentado no eixo vertical à direita.

 

ITUB4 - IMA-crash x Preço

 

Para a semana que vem, uma ação que poderá cair forte é RENT3. O preço está alavancado demais e o IMA-crash terminou a semana em 0,87. Como passou de 0,8 em até dois dias poderemos ver a mudança de tendência para baixo dessa ação.

 

RENT3 - IMA-crash x Preço

 

Tem mais alertas para semana que vem. Veja você mesmo!

Acompanhe nossos indicativos na parte de assinantes do CANAL IMA-ONLINE. e saiba antes do mercado tradicional o que vai acontecer com suas ações. Venha fazer parte de nosso grupo de assinantes e desfrute de conhecer antes, o comportamento do mercado, através das frequências do IMA.

Gostou da análise semanal?

COLABORE COM DONATIVO PARA O SITE

(R$ 2,00 ; R$ 5,00 ; R$ 10,00 )

 

FATOS RELEVANTES POSITIVOS

BRADESCO compra 100% do HSBC no Brasil

OGX recebe aval para retornar a produção de petróleo

A Monsanto e Microsoft criam parceria de R$ 300 milhões para startap em agronegócio

Cresce número de reservas na CVC na comparação anual

CVM investiga a Oi

Produção de veículos cresce 4,2% em junho

Investimentos estrangeiros representam 54% do volume na Bovespa

TCU suspende acordo entre a Oi e a Anatel

 

FATOS RELEVANTES NEGATIVOS

Emplacamento de automóveis tem queda de 19% em junho na comparação mensal.

S&Poors rebaixa nota de crédito do BB

Moody's rebaixa nota da Cemig

Saque na poupança aumenta em 2016

Meta fiscal de 2017 será de R$ 139 bilhões

 

 

PRÓXIMA SEMANA

Inflação de Junho

Taxa de desemprego nos EUA em Junho

IPC da Fipe - Junho

Primeira reunião do BC da Inglaterra após a saída da UE

IGP10 de Junho

Vendas no varejo nos EUA em Junho

Produção Industrial nos EUA

dias observação 1692

Eventos(sinais de alerta de crash)

112
Acertos 104 (92,8%)
Falsos Alarmes 08 (7,2%)
Queda média -2,89%
Queda máxima -7,77%
Queda mínima -0,08%
Valorização média nos falsos alertas +1,46%
Valorização máxima nos falsos alarmes +2,3%
Valorização mínima nos falsos alarmes +0,2%
Tempo médio até o mínimo valor após o sinal de alerta 2,62 dias
Tempo máximo até o mínimo valor após o sinal de alerta 10 dias
Tempo mínimo até o mínimo valor após o sinal de alerta 30 minutos