Mudanças Abruptas

Análise Semanal Ibovespa

07/04/2014 a 11/04/2014

 

A inflação no Brasil continua subindo após a última apuração. No acumulado de 12 meses já bateu 6,15%. O teto da meta inflacionária do Banco Central é 6,5%. Segundo a ata da última reunião, o BC diz que a inflação continua a dar sinais de resistência. Leia-se sobre essa frase que os juros vão continuar aumentando, ou seja, a Selic vai continuar subindo além dos atuais 11% ao ano.

A taxa de desemprego no Brasil baixou um pouco em 2013, caindo para 7,1%. Em 2012 a taxa era de 7,4%. Essa estabilidade, no entanto, contrasta com o cenário do PIB, onde as estimativas mostram cada vez menor o valor do crescimento do país. Mas como já escrevi em diversos textos, deve-se sempre olhar essas estimativas com muita ressalva, devido aos modelos fracos que sempre são adotados.

Nos EUA o FED, ao contrário do Brasil, reluta em tirar a taxa de juros da casa dos 0,25% ao ano. Os diretores ainda não estão seguros que o pior já tenha passado. O mercado por lá anda "ansioso" por uma alta, mas os diretores não demonstram tanto apetite assim.

Na Europa, Putim continua dando uma de Hitler. Agora concentra além de tanques, jatos bombardeiros em larga escala na fronteira. Como a invasão da Crimeia foi bem sucedida, sem nenhuma retaliação de verdade, a Rússia está bastante animada para tomar de volta a Ucrânia inteira.

E por falar em Ucrânia, a mesma solicitou ao FMI um empréstimo jumbo urgente para colocar ordem econômica no país. Lembram quem deu dinheiro ao FMI alguns anos atrás? Sim, o Brasil. Logo, a crise da Ucrânia já está levando dinheiro nosso.

A situação na Europa continua muito delicada. Financeiramente falando, o desemprego continua alto. Em Portugal, relatos nos foram passados por moradores de lá, que as universidades portuguesas estão atrás de alunos do Brasil.

O foco é buscar alunos que não conseguiram entrar nas boas faculdades daqui, mas tem dinheiro suficiente para pagar por uma boa universidade em Portugal. Quanto mais alunos do Brasil vão para Portugal, maior a receita repassada do governo português para os cursos, evitando fechamento.

A Petrobras continua nos noticiários, dia após dia sendo "fritada" por escândalos. Isso porque ainda nem saiu a CPI. Quando a CPI estiver em foco, com as luzes das câmeras, vai ser aquele corre-corre entre gatos e ratos. Nessa semana, novamente a Polícia Federal entrou em ação, na busca por mais documentos sobre lavagem de dinheiro via doleiros ligados à Petrobras.

Finalmente a CVM concluiu o óbvio, o que todo mundo já sabia, menos eles. A CVM acusou Eike Batista de informação privilegiada na venda de suas ações particulares da OGX, antes do relatório apontando fracasso na extração de petróleo de algumas de suas plataformas. Vamos ver onde vai dar esse final.

O volume de investimento estrangeiro voltou a aumentar bastante na Bovespa. Os estrangeiros estão aproveitando a queda das ações nos EUA e Europa para operarem aqui no Brasil. Acompanhe nosso monitor de estrangeiros.

O IMA-entrada diário continuou nessa semana abaixo dos 0,8, em 0,78. Com a alta da semana passada o índice tinha recuado bastante, mas estacionou nessa semana com a correção que aconteceu na Bovespa.

 

IMA crash = 0,0

IMA entrada = 0,80

 

 

A linha vermelha é a análise da transformada wavelet do Ibovespa para o nível de estresse e possível crash (quedas abruptas mas a nível de 15 minutos) e o gráfico em azul é a transformada wavelet para o nível de entrada no mercado

ANÁLISE SEMANAL

Na última análise de 04/04/2014 foi dito:" ...Como o Ibovespa não caiu no início da semana, a queda foi atrasada para mais para frente. Isso significa que será ainda mais forte do que se tivesse ocorrido no início dessa semana...Apesar de parecer impossível o Ibovespa virar forte depois dessa significativa alta, é bastante provável que a queda será expandida para todas as ações..."

E a grande queda veio realmente para todas as ações conforme observado na semana passada. Todas as ações observadas no IMA-ONLINE caíram forte depois do rally exagerado de uma semana antes.

É bastante motivante e compensador ver o alerta cravado do IMA. Na figura acima em vermelho, percebe-se que mesmo iniciando a queda, o IMA-crash ainda continuou subindo, avisando que ela ia continuar. Alertei no meu twitter que essa queda ainda ia chegar até o fim de semana. Então, apareceu o IMA-entrada com a queda do IMA-crash.

Nessa sexta-feira o IMA-entrada que estava aparecendo, começou a perder força. Pode ser um bom indício de entrar comprando na segunda-feira, para um trade rápido até a quarta-feira. Com o feriado da semana santa, podemos ter nova, porém pequena, realização da alta de hoje e de, possivelmente, segunda-feira.

O alerta dessa vez, para quem estava seguindo, evitou uma perda de 4,35% sobre o Ibovespa. Quando a queda começou, o Ibovespa estava em 53.111 e terminou na quinta-feira em 50.798 pontos. Quase 3 mil pontos de queda, alertados antes.

Para as ações, os acertos foram corretos também.

Quando o IMA-crash da BBAS3 atingiu (1,0), a ação caiu de R$ 25,72 para R$ 22,96. Ou seja, o IMA-crash alertou para evitar queda de 10,7% !!. Veja o gráfico ONLINE a seguir:

A Petrobras também foi alertada corretamente pelo IMA-crash. Quando o IMA atingiu (0,98) as ações da PETR4 valiam R$16,98. Então começou a grande queda, levando os preços a R$ 15,45. O IMA evitou uma perda de 9,01%. Veja o gráfico abaixo da semana.

Para a PDGR3 também o alerta foi correto. Quando o preço estava em R$1,64 o IMA-crash estava subindo e próximo de (0,35). A ação virou e atingiu seu valor mínimo em R$1,47. O alerta evitou uma perda de 10,36%. Veja o resultado do canal ONLINE:

Tem ações da Vale5? Quando o IMA-crash da Vale atingiu seu valor máximo (1,0) a ação valia R$30,68. Depois do alerta começou a virar e bateu no fundo do poço em R$29,22. O alerta,para quem seguiu, evitou uma perda de 4,75%. Veja a figura a seguir.

Acompanhe nossos indicativos na parte de assinantes do CANAL IMA-ONLINE. e saiba antes do mercado tradicional o que vai acontecer com suas ações. Venha fazer parte de nosso grupo de assinantes e desfrute de conhecer antes, o comportamento do mercado, através das frequências do IMA.

 

FATOS RELEVANTES POSITIVOS

PETROBRAS bate novo recorde na camada pré-sal.

Governo não vai aumentar impostos de cosméticos. Bom para a Natura.

FATOS RELEVANTES NEGATIVOS

Estimativa de PIB é de 1,64% no relatório FOCUS.

Estimativa do PIB é de 1,8% pelo FMI

CSN é obrigada a vender todas as suas ações da Usiminas. Determinação do CADE.

IPCA tem alta de 6,15% no acumulado anual.

Ata do BC revela alta de inflação persistente. Juros devem continuar subidno.

Desemprego foi de 7,1% em 2013

 

PRÓXIMA SEMANA

Russia x Ucrânia de novo

CPI Petrobras

Semana Santa

dias observação 1139

Eventos(sinais de alerta de crash)

76
Acertos 67 (88,2%)
Falsos Alarmes 09 (11,8%)
Queda média -2,59%
Queda máxima -6,73%
Queda mínima -0,08%
Valorização média nos falsos alertas +1,46%
Valorização máxima nos falsos alarmes +2,3%
Valorização mínima nos falsos alarmes +0,2%
Tempo médio até o mínimo valor após o sinal de alerta 2,52 dias
Tempo máximo até o mínimo valor após o sinal de alerta 7,27 dias
Tempo mínimo até o mínimo valor após o sinal de alerta 30 minutos