Mudanças Abruptas

Análise Semanal Ibovespa

05/12/2016 a 09/12/2016

 

ANÁLISE SEMANAL - Bovespa DIÁRIO ( dados de fechamento)

IMA crash - DIÁRIO= 0,76

IMA entrada - DIÁRIO= 0,00

 

Mais uma semana com queda do IMA-crash diário, indicando que o processo de queda do Ibovespa para longo prazo pode se acelerar. Para quem é pequeno investidor e está fora do mercado de ações, a recomendação é esperar. Mesmo para quem tem estômago forte, as semanas de dezembro serão estarrecedoras.

Foi apenas um único delator. E já no primeiro texto o estrago foi enorme. Não sobrou ninguém que não tenha recebido contribuição de caixa 2, solicitado propinas para aprovar interesses em medidas provisórias ou andamento de processos no Congresso.

Dá para imaginar como serão as outras 76 delações? Não é uma chuva de meteoros, é um meteoro daquele tipo que destruiu os dinossauros. E esse vai destruir os dinossauros da corrupção.

Pra variar, quem está preso, novamente foi citado pelo delator, o ex-executivo da Odebrecht Cláudio Melo.

Nessa primeira leva da quadrilha de São João, foram 51 políticos de 11 partidos diferentes. Agora a verdade começa a transparecer melhor. E o presidente da república faz parte da festa, sendo citado 44 vezes. Tem até um capítulo especial com seu nome.

O que não dá para transparecer é como será a reação da Bovespa nessa próxima semana. O Ibovespa vai experimentar toda e qualquer tipo de sensação. Vai da depressão a euforia, com oscilações fortes, entre os vales de altas e poços de queda.

Para complicar, esse mês terá a última reunião do FED no governo Obama. Se os juros aumentarem por lá, a saída de investidores do Brasil será gigante. Quem vai vir pra cá?

Os famosos fundos abuttres, os mesmos que ficam rodeando as carniças financeiras, as desgraças dos outros. Eles vão comprar bem baratinho as ações, e principalmente os títulos. Para depois... dar o bote, como fizeram na Argentina, na Grécia e em todas as crises de países que estão afundando.

Mesmo se os juros dos EUA não aumentarem nesse mês, esses escândalos vão jogar Temer e seus comparsas nas mãos do povo, como sempre ele sonhou. No entanto, nas mãos do povo agora não significa glória.

A PETROBRAS resolveu aumentar os preços dos combustíveis. E como era de esperar, os postos repassaram em questão de minutos para as bombas. Nas duas mini reduções midiáticas, ninguém abaixou nada.

Foi mais uma jogada midiática do presidente da Petrobras, apenas para tentar simular que a PETROBRAS segue o preço de fora. Balela para os pequenos investidores acreditarem.

As ações da empresa dispararam no dia da alta. Mas despencaram depois que a justiça de Sergipe cancelou a venda da BR distribuidora e cancelou a transferência dos contratos de exploração.

Trump está ansioso nos EUA. Apesar da eleição do Colégio Eleitoral ser apenas para cumprir tabela, nunca se sabe como o mundo está. Vai que tudo dá errado pela primeira vez.

Então ele ainda tem mantido um discurso neutro. Mas os escolhidos para ajudar no governo são tão radicais quanto ele. O ano que vem será "daqueles" novamente.

Por exemplo, a CIA e FBI já se manifestaram que não estão gostando nada da aproximação de Trump com os russos. Fogo amigo?

Os investidores estrangeiros estão deixando a Bovespa há mais de um mês. As quedas tem sido constantes e podem acelerar nessa semana, com essa nova confusão política. Fundos sérios não gostam de confusão e incertezas. Acompanhe nossa medida em nosso monitor de estrangeiros.

 

 

ANÁLISE SEMANAL - Bovespa INTRADIÁRIO ( dados a cada 15 minutos)

A linha vermelha é a análise da Transformada Wavelet do Ibovespa para o nível de estresse e possível crash (quedas abruptas mas a nível de 15 minutos) e o gráfico em azul é a Transformada Wavelet para o nível de entrada no mercado

 

Em nosso relatório do dia 02/12/2016 escrevemos: "...Para a semana que vem, ainda pela manhã de segunda-feira poderemos ver um pouco mais de queda.

Mas como o IMA-entrada está começando a perder força, o sinal poderá indicar boa alta já no final da segunda-feira ou início da terça-feira..."

Cravado! Um bom acerto na previsão.

Na segunda-feira, dos 60.674 pontos, o Ibovespa caiu para 60.063 pontos. Enquanto isso o IMA-entrada (linha azul na figura acima) continuou caindo até zerar no fim da segunda-feira.

Na terça-feira o Ibovespa disparou tão rápido que o IMA-crash teve um rally espetacular no mesmo dia. Quando o Ibovespa chegou a 60.839 pontos o IMA-crash já estava em 0,6 pontos. Algo já indicava que essa alta não iria durar.

Na quarta-feira o Ibovespa continuou em alta até 61.789 quando o IMA-crash chegou a 0,94 pontos. E então, o decreto de queda estava assinado. O Ibovespa ficou oscilando nessa faixa de valores até quinta-feira as 11:30 h.

Dos 61.786 pontos, o Ibovespa não resistiu, ao mesmo tempo que o IMA crash perdeu pressão e começou a cair (linha vermelha anterior). E o Ibovespa virou a ponto de zerar os ganhos da semana. O rally por conta da alta dos preços dos combustíveis se desfez.

Como pode ser visto acima, o IMA-crash ainda está bem resistente, e não zerou no final da sexta-feira. Para essa próxima semana, ele vai ter que zerar. E isso indica uma queda bem forte por pelo menos dois dias no Ibovespa.

Enquanto o IMA_entrada não reaparecer e estacionar, o fundo do poço não terá chegado. Talvez na quarta-feira à tarde o IMA-entrada (se aparecer) deverá estacionar. Isso concorda com o fato de que a segunda-feira é o primeiro dia pós-vazamento da delação.

Ninguém sabe o que acontecerá. Os políticos não dormiram nesse fim de semana. E os grandes investidores agora se perguntam: "para que lado nós iremos". Se entrar vendido no futuro, pode ser que Temer consiga reverter a situação.

Se isso ocorrer, todo mundo deverá desmontar posição. Se Temer se enrolar ( o mais provável) quem já está comprado em ações terá que correr para vender. Se vender e subir, vai pagar um alto preço.

Isso se chama volatilidade, grandes diferenças entre altas e baixas. Ou seja, alto risco na semana.

Entre as ações, uma que chamou bastante atenção no acerto do IMA-crash foi a GGBR4 da Gerdau. Como pode ser visto à seguir, o IMA-crash atingiu seu valor máximo de 1,0 ponto. Um dia depois, tudo caiu para a GGBR4.

De R$ 13,87 a ação chegou ao fundo do poço em R$ 12,73. Queda de 8,2% prevista antes pelo IMA-crash.

 

GGBR4 x IMA-crash

 

Tem mais alertas para semana que vem. Veja você mesmo!

 

Acompanhe nossos indicativos na parte de assinantes do CANAL IMA-ONLINE. e saiba antes do mercado tradicional o que vai acontecer com suas ações. Venha fazer parte de nosso grupo de assinantes e desfrute de conhecer antes, o comportamento do mercado, através das frequências do IMA.

Gostou da análise semanal?

COLABORE COM DONATIVO PARA O SITE

(R$ 2,00 ; R$ 5,00 ; R$ 10,00 )

 

FATOS RELEVANTES POSITIVOS

Ata do COPOM prevê cortes mais fortes na taxa de juros.

3a. Vara da Justiça de Sergipe suspende venda da BR Distribuidora e processo de exploração.

BB continua a distribuição de produtos e serviços pelos Correios.

LOCALIZA assumirá as operações brasileiras da HERTZ por R$ 337 milhões.

JBS anuncia IPO nos EUA.

COSAN pagará dividendos de R$ 0,73 por ação.

 

FATOS RELEVANTES NEGATIVOS

Governo apresentou proposta de mudança da aposentadoria.

PETROBRAS aumenta combustíveis em 8,1% para gasolina e 9,5% para diesel.

EMBRAER volta atrás e não pagará juros sobre capital próprio do 4o. trimestre desse anos.

Temer é citado 44 vezes em delação de Cláudio Melo, o primeiro delator da odebrecht.

Gedel, Jucá, Renam, Padilha, Serra, Moreira, Aécio, Kassab, enfim, todos os grandes nomes receberam doação de caixa 2, segundo delação que vazou.

 

 

.

PRÓXIMA SEMANA

Produção Industrial nos EUA em novembro.

Pesquisa de Comércio em Outubro no Brasil.

IGP-10

Monitoramento do PIB em dezembro

IPC-S - 2a. quadrisemana.

 

dias observação 1798

Eventos(sinais de alerta de crash)

120
Acertos 112 (93,3%)
Falsos Alarmes 08 (6,7%)
Queda média -2,91%
Queda máxima -7,77%
Queda mínima -0,08%
Valorização média nos falsos alertas +1,46%
Valorização máxima nos falsos alarmes +2,3%
Valorização mínima nos falsos alarmes +0,2%
Tempo médio até o mínimo valor após o sinal de alerta 2,80 dias
Tempo máximo até o mínimo valor após o sinal de alerta 10 dias
Tempo mínimo até o mínimo valor após o sinal de alerta 30 minutos