Mudanças Abruptas

Análise Semanal Ibovespa

10/06/2013 a 14/06/2013

 

Tempestade no território brasileiro. A presidente Dilma, que não gosta de críticas nem de vaias, vai ter que acostumar. Esse é o resultado por aprofundar erros do passado. O maior e mais discutido erro nunca foi levado em conta: a diminuição dos gastos. O Banco Central estava acertando na queda dos juros, isso era importante para o país. Mas ao mesmo tempo, os gastos do governo tinham que diminuir abruptamente. Se os gastos diminuíssem na proporção da queda dos juros, a economia poderia ser redirecionada para ser aplicada em investimentos e construições importantes sem onerar a emissão de títulos para renegociar a dívida.

Errou presidente, aprenda isso. Mas como o governo adora errar, pois os desvios beneficiam os parceiros políticos, um novo erro ocorreu essa semana. Agora é a bolsa mobília. Sim, quem desejar mobiliar sua casa financiada pelo projeto" minha casa, minha vida " vai receber um empurrãozinho extra.

Estive nos EUA nos últimos 10 dias, e se financeiramente as coisas parecem estar voltando a normalidade, a vida de Obama não está fácil e vai se complicando. Ele mentiu para a população sobre a escuta dos telefones e está recebendo espetadas de todos os lados. A denúncia feita por um ex-funcionário da agência de vigilância é a pauta de todos os noticiários, inclusive financeiros. E isso vai afetar a bolsa.

Outra crítica severa nos jornais locais é sobre a atuação do FED. Se as compras vão bem, os empregos vão mal. A taxa de desemprego parece uma doença encubada que não se desenrola.

Os estrangeiros, como eu escrevi na última análise, estão saindo em blocos grandes e começou a aparecer em nosso monitor. E com sua saída a bolsa de valores desaba, como sempre ocorre. Não é um crash o que está ocorrendo na bolsa, mas mudanças de posições fortes em ações e nos portfólios internacionais. É só cair a bolsa que começam a falar em crash, mas esse não é um crash.

O momento europeu e brasileiro são identicos, com falta de ação direta e estruturada para resolver a crise de confiança. Nos EUA existe uma ação, mas ela é errada. Porém, mesmo errada a população e os investidores se sentem "confortáveis" pois acham que o governo está se mexendo para fazer algo.

O complicado é no Japão. Conforme previmos dois meses atrás, essa curva de queda contamina a Europa, e a Europa contamina o Brasil. O Nikkei já caiu de 15 mil pontos para 12 mil pontos, mas deve cair mais. Haja coração.

O saldo acumulado de estrangeiros na Bovespa desabou em nosso monitor de estrangeiros. E com essa queda toda, o IMA-entrada diário voltou a subir forte, agora em 0,85.

IMA crash = 0,0

IMA entrada = 0,85

 

 

A linha vermelha é a análise da transformada wavelet do Ibovespa para o nível de estresse e possível crash (quedas abruptas mas a nível de 15 minutos) e o gráfico em azul é a transformada wavelet para o nível de entrada no mercado

ANÁLISE SEMANAL

Na última análise de 07/06/2013 foi dito:" ...A melhor atitude é começar compras pequenas quando o IMA-entrada começar a cair. Pelo menos é um sinal de que momentâneamente a bolsa pode subir um pouco. Mas se estiver subindo e o governo "inventar" alguma nova regra como a do IOF, tudo reverte novamente. A hora é de cautela, pois o Japão está caindo forte e já começa a levar com ele o Hang Seng da China..."

E o Japão continuou arrastando o mundo asiático, tombando as bolsas. O Ibovespa caiu forte na terça-feira e quarta-feira. Na quinta-feira se recuperou com algumas ações subindo bem forte. Nesse dia o Ibovespa passou de 2% de aumento. Mas na sexta-feira tudo reverteu novamente.

Isso é comum em tempos de descrédito e desconfiança. O IMA-entrada intraday terminou a semana subindo novamente. O ideal é observar o mercado asiático no domingo à noite. Se de domingo para segunda-feira de manhã a Asia cair forte, apesar do IMA-entrada mostrar bom momento de compra, o melhor é esperar. Mas se o mercado asiático se recuperar e a Europa também, talvez seja um bom momento para compras na segunda-feira à tarde.

Comprando na segunda-feira à tarde, até o meio da semana o lucro pode ser bom, mas devemos ficar olhando o IMA-crash. Nesses momentos de desconfinaça, qualquer alta é motivo de reversão e queda. Mas agora que os estrangeiros estão saindo, a situação real deve melhorar. Antes, claro, vai piorar mais um pouco, mas será bom os especulaodores ficarem longe da Bovespa por um tempo. Pode começar um período de alta com a saída de capital especulativo.

Acompanhe nossos indicativos na parte de assinantes do CANAL IMA-ONLINE.

 

FATOS RELEVANTES POSITIVOS

Standard & Poores eleva nota de crédito dos EUA.

COSAN vai recomprar ações.

 

 

FATOS RELEVANTES NEGATIVOS

Mercado agora prevê SELIC a 8,75% ao ano.

 

 

 

 

PRÓXIMA SEMANA

Obama sob pressão pela invasão de privacidade nos telefones dos EUA

Brasil sob pressão inflacionária

Passeatas nas ruas podem atrapalhar negócios

 

dias observação 1013

Eventos(sinais de alerta de crash)

65
Acertos 57 (87,7%)
Falsos Alarmes 08 (12,3%)
Queda média -2,62%
Queda máxima -6,73%
Queda mínima -0,08%
Valorização média nos falsos alertas +1,46%
Valorização máxima nos falsos alarmes +2,3%
Valorização mínima nos falsos alarmes +0,2%
Tempo médio até o mínimo valor após o sinal de alerta 2,68 dias
Tempo máximo até o mínimo valor após o sinal de alerta 7,27 dias
Tempo mínimo até o mínimo valor após o sinal de alerta 30 minutos