Mudanças Abruptas

Análise Semanal Ibovespa

14/03/2016 a 18/03/2016

 

Loucura geral no Brasil nessa semana, ainda pior do que nas outras. Depois da megamanifestação de domingo, a posse do ex-presidente Lula transformou o Brasil em lugar de ampla revolta.

E tudo foi ainda mais apimentado quando as escutas telefônicas foram liberadas pela justiça do Paraná, através do juiz Sérgio Moro.

Amplos e acalorados debates agora tomam conta do país, seja no lado acadêmico, seja em botequim.

Famílias inteiras brigam, irmãos, primos, pais, ao tomarem posião de serem contra ou à favor do governo. A corrupção que sempre se soube agora mostra sua cara nas gravações liberadas.

Não que nada do que se ouviu seja novidade, pois no mundo político sempre foi assim, e sempre será assim. Inocente daquele que acha que tudo mudará no país por causa das manifestações.

Esse sentimento já se sentiu antes no impeachment de Collor. Mudou? Não. E enquanto o principal alvo não for arrumado, nunca nada mudará em nosso país.

A educação é o pilar de um país. Não adianta colocar crianças nas ruas com cartazes, se quando voltam para a escola a lousa é quebrada, falta giz, o professor não sabe ligar um computador, e ainda pior, agora tem diretora em São Paulo chamando tropa de choque para bater em criança de 13 anos!

Sim, em São Paulo a tropa entrou na escola por uma manifestação boba das crianças e os policiais jogaram gás de pimenta nos alunos de 10 a 13 anos. O que tem essa diretora em sua cabeça?

E como o secretário de segurança pública, o "carequinha" que se parece com o ator do filme Richtman, ainda defende os policiais? A corrupção mudará quando essas crianças forem adultas, sofrendo um ato como esse?

Quem não é de São Paulo, ou não está ligado às pessoas da educação, não tem ideia do autoritarismo que o governador Alckmin está aplicando diariamente sobre o setor de educação. Ainda mais depois que a imprensa descobriu o desvio de verbas das merendas escolares por parte de seus secretários. Também há corrupção forte no governo paulista!

Então, se essas coisas simples já fossem evitadas, daqui há 20 anos realmente poderíamos ter um país mais saudável e menos corrupto. Do jeito que está, pode tirar 10 presidentes e nada vai mudar. É ilusão.

A falta de educação leva à injustiça e intolerância, o que culmina na violência. E o mercado financeiro? Está feliz, subindo todos os dias da semana, com a bolsa ultrapassando seus 50 mil pontos.

Alguns balanços começam a aparecer e as vendas, como esperado, estão vindo mais baixas. Todo mundo vive a expectativa do pós-Dilma e tudo deveria se resolver rápido. Não podemos mais viver nessa UTI à espera da morte. A presidente faria um bom serviço à nação e à história, entregando sua carta de renúncia.

A renúncia é melhor nesse momemento, tanto para as crianças quanto para os idosos, que vivem mais tensos e estado de suspensão que fere sua saúde. Os jovens e trabalhadores tem saúde para brigar, mas os idosos e aposentados estão vendo os preços dispararem e como nossa aposentadoria é desleal, são as pessoas que mais sofrem esperando um Brasil melhor no fim de suas vidas.

Jovens desempregados? Esses tem saúde e vida pela frente para lutar e se aperfeiçoar melhorando seu nível de escolaridade. Empresários faliddos devem se moldar a nova situação. Empregados e assalariados devem se manter ativos em prol de melhores dias. Mas o país não pode mais ficar parado esperando os políticos resolverem.

Assim, um bom serviço em prol do bem estar de todos seria uma carta de renúncia. E joga a peteca para o senhor Michel Temer, que vai realizar seu sonho de presidente. E também ele deverá ver sua situação delicada, com uma única válvula de escape. O nome da válvula: Meireles.

O senhor Henrique Meireles, com toda certeza assumiria qualquer coisa na área financeira com a saída de Dilma e como o mercado é simpatizante dele, talvez a expectativa positiva colocasse o país nos trilhos novamente.

Mas se isso também não der certo, novas manifestações devem ocorrer, e tudo volta a estaca zero, pois o senhor Temer também está envolvido na lama da lavajato.

Fora do país, o mundo parou para ver o Brasil. Os diversos jornais enviaram correspondentes para tentar explicar o que acontece aqui (nem nós conseguimos isso).

Nos EUA, além da batalha Hillary e Trump, que se aproxima, o Federal Reserve manteve estável a taxa de juros nos EUA e estão com medo da recessão.

A China teve um crescimento bem baixo no primeiro bimestre e volta a preocupar o mundo.

O volume de investimentos estrangeiros aumenta a cada dia na Bovespa. Com as fortes altas dos últimos dias, os estrangeiros estão apostando no fim do governo Dilma e mudança da política econômica . Acompanhe nossa medida em nosso monitor de estrangeiros.

O IMA-entrada diário está em queda com o aparecimento e crescimento do IMA-crash diário. Continuamos com nossa observação, que nos próximos três meses o Ibovespa poderá se recuperar forte, mas quando o IMA-crash atingir seu ponto máximo, teremos novos problemas. Isso poderá acontecer no segundo semestre desse ano.

 

IMA crash = 0,11

IMA entrada = 0,76

 

 

A linha vermelha é a análise da transformada wavelet do Ibovespa para o nível de estresse e possível crash (quedas abruptas mas a nível de 15 minutos) e o gráfico em azul é a transformada wavelet para o nível de entrada no mercado

ANÁLISE SEMANAL - Bovespa Intradiário ( dados a cada 15 minutos)

Em nosso relatório do dia 11/03/2016 escrevemos: ".... Isso pode significar que nova queda atingirá as ações no início da semana que vem. Como o ritmo do IMA ainda está lento, essa virada poderá acontecer apenas no final da terça-feira ou da quarta-feira....".

A grande queda esperada realmente veio no início de terça-feira. Quando o IMA estava começando a ultrapassar o valor de 0,1, saiu a notícia de que Lula aceitaria ser ministro. As ações despencaram e passaram terça-feira inteira em baixa.

O Ibovespa saiu de 49.083 pontos para 46.719 pontos e ficou todo o dia estacionado nesse patamar. Na quarta-feira o mau humor continuou, mas depois das 14:00 hs tudo reverteu para uma alta rápida e forte.

A alta continuou ainda mais forte na quinta-feira, com o Ibovespa chegando a 6% de valorização, algo que há muito tempo não se observava. A hipótese é que os investidores acreditavam que se Lula assumisse traria Henrique Meireles para o Banco Central.

Por outro lado, caso Lula não assumisse, ou mesmo se o governo da presidente Dilma cair, o PMDB colocará Meireles da mesma forma. E nisso, todo mundo apostou que a situação com Meireles melhorará (difícil, mas possível) e então as ações dispararam. Opções passaram de 300% de valorização em alguns casos.

As ações da Peotrbras chegaram a atingir 15% de valorização, Banco do Brasil acima de 10%, Gerdau e Usiminas por volta disso também, enfim alta generalizada. E quando isso ocorre, nosso alarme de crash dispara e o IMA-crash não demorou aparecer.

O IMA-crash subiu rápido e forte de quinta-feira para sexta-feira e terminou essa sexta-feira indicando que vai começar a cair. A probabilidade de queda é de 90% na segunda-feira.

O Ibovespa pode até abrir em alta na segunda-feira, mas se o IMA estiver certo, a alta não deve se sustentar muito tempo. Uma virada forte deverá acontecer com a realização de curto prazo.

Uma vez iniciada a queda ela poderá levar dois dias, uma vez que o patamar de valorização foi muito alto nessa semana que passou.

O IMA teve ótimo desempenho nessa semana (novamente).

Por exemplo, a figura à seguir é da BVMF3. Quando as ações atingiram o valor de R$ 16,19 o IMA-crash estava em (1,0). Então as açoes começaram a cair até R$ 14,33. A queda foi de 11,5%, atencipada pelo IMA.

 

Comparação CSNA3 x IMA-crash

Outra ação com bom desempenho do IMA foi da Gerdau (GGBR4) como pode ser visto à seguir. Tanto o IMA-crash como o IMA-entrada (cor verde) se mostraram bem eficaz em realçar muito bem o ponto de compra e de venda.

Comparação GGBR4 x IMA-crash

Uma atenção especial deve ser dada para as ações da VIVO (VIVT4) na semana que vem. Como pode-se perceber na figura a seguir o IMA-crash da empresa está começando a cair, um índício de virada rápida para baixo em até dois dias.

Comparação VIVT4 x IMA-crash

Acompanhe nossos indicativos na parte de assinantes do CANAL IMA-ONLINE. e saiba antes do mercado tradicional o que vai acontecer com suas ações. Venha fazer parte de nosso grupo de assinantes e desfrute de conhecer antes, o comportamento do mercado, através das frequências do IMA.

Gostou da análise semanal?

COLABORE COM DONATIVO PARA O SITE

(R$ 2,00 ; R$ 5,00 ; R$ 10,00 )

 

FATOS RELEVANTES POSITIVOS

Produção Industrial na China cresceu 5,4% no primeiro bimestre de 2016

Conselho da USIMINAS aprova aumento de capital no valor de R$ 1 bilhão.

COSAN aprova aumento de capital no valor de R$ 580 milhões.

FED mantém taxa de juros nos EUA com banda máxima de 0,5% ao ano.

FATOS RELEVANTES NEGATIVOS

FGV prevê queda de 8,7% no PIB

Taxa de ocupação em aeronaves da GOL cai 1,6% na comparação anual em fevereiro

Incêndio atinge plataforma da Petrobras, mas foi debelado rápido sem nenhum ferido.

Lula assume a Casa Civil

 

PRÓXIMA SEMANA

Repercussão dos movimentos prós e contra governo

Nível de emprego em fevereiro

IPCA-15 de março

Feriado de Páscoa

 

dias observação 1615

Eventos(sinais de alerta de crash)

105
Acertos 96 (91,4%)
Falsos Alarmes 08 (8,6%)
Queda média -2,83%
Queda máxima -7,77%
Queda mínima -0,08%
Valorização média nos falsos alertas +1,46%
Valorização máxima nos falsos alarmes +2,3%
Valorização mínima nos falsos alarmes +0,2%
Tempo médio até o mínimo valor após o sinal de alerta 2,66 dias
Tempo máximo até o mínimo valor após o sinal de alerta 10 dias
Tempo mínimo até o mínimo valor após o sinal de alerta 30 minutos