Ibovespa diário- Resultados - 14/06/2010 a 18/06/2010

O Ibovespa subiu de maneira quase constante. Deu susto na segunda-feira à tarde, mas continuou subindo ao longo da semana. Nada de muito importante ocorreu em termos de notícias do mundo econômico. Tudo girou em torno da Britsh Petroleum (BP) que fez um acordo de 20 bilhões de dólares para limpar o petróleo derramado no golfo do México.

Outro fato importante foi o relatório de pedido de seguro desemprego nos EUA que para variar voltou a subir. Está em torno de 470 mil desempregados ganhando esse benefício. A preocupação era a Espanha com sua dívida. Mas nessa sexta-feira ela conseguiu colocar no mercado um bom número de títulos da dívida o que acalmou o mercado da Europa fazendo o Euro subir.

Em termos de Brasil, a Fitch enviou um recado para a Petrobrás: Se alavancar mais do que está terá nota de crédito rebaixada.

O índice IMA-entrada vem caindo lentamente mostrando que se existia alguma possibilidade de entrada no curto prazo ela desapareceu. Para os investidores cautelosos, ainda não é hora de entrar na Bolsa.

IMA crash = 0,65

IMA entrada = 0,05

Bovespa intraday- Resultados - 14/06/2010 a 18/06/2010

Na figura acima são apresentados três gráficos onde aparece em linha contínua preta o índice Ibovespa, com dados tomados automaticamente a cada 15 minutos. A linha vermelha é a análise da transformada wavelet do Ibovespa para o nível de estresse e possível crash (quedas abruptas mas a nível de 15 minutos) e o gráfico em azul é a transformada wavelet para o nível de entrada no mercado.

 

Terminamos a análise da semana passada (11/06/2010) com "... Na segunda-feira a bolsa deve continuar a subir e então terça-feira de manhã ou à tarde vai reverter. Pela inclinação do IMA-crash vai bater acima de 0,8 e rápido. O que vai ocorrer para a virada ainda vamos descobrir, mas o espectro de frequência já está avisando que nova baixa vai começar na semana. Para quem está comprado vale a pena esperar até meio da tarde de segunda-feira. Quem está fora, continue. Perdeu a hora de entrar e agora não é uma boa hora...". A bolsa continuou a subir na segunda e realmente reverteu no final do dia e na terça de manhã, mas parou e voltou a subir. O índice IMA-crash não chegou nem perto de 0,8 como dissemos, o que mostrou uma reversão pequena para a bolsa na terça-feira. E então de quarta-feira até sexta-feira ficou oscilando sem tendência definida, mas em torno de 64 mil e 65 mil pontos.

O IMA-entrada continua em zero o que mostra que ainda não é hora de entrar. O IMA-crash está caindo o que pode mostrar que a pressão vendedora deu uma pausa. Mas como está indefinida a tendência da bolsa, tem-se ainda o risco dela cair na segunda-feira. Sem recomendação para segunda pois IMA-crash caindo, bolsa parada e IMA-entrada em zero não se tem cenário claro ou definido. Nesse caso resta esperar o desenrolar das operações após segunda-feira para tomada de decisão. Quem comprou, talvez manter e observar é a melhor decisão.

 

Análise IMA