Mudanças Abruptas

Análise Semanal Ibovespa

14/10/2013 a 18/10/2013

 

Tudo foi decidido na última hora nos EUA. Exatamente faltando uma hora antes do término do prazo para os pagamentos dos títulos americanos, os deputados aprovaram o plano para a expansão do teto da dívida. Mas os Republicanos já deixaram claro que foi só uma trégua e a guerra continua.

As estimativas são de US$ 24 bilhões de custo nesses 16 dias de fechamento dos órgãos públicos nos EUA. Custo que poderá ser cobrado pelo rebaixamento das notas de crédito dos EUA nas principais agências de risco. Tentando passar otimismo, a maioria dos grandes investidores e analistas de mídia afirmaram que a "parada" não foi tão prejudicial assim.

Os mercados mundiais já tinham precificado os ativos nos dias que antecederam o acordo e votação no congresso dos EUA. Assim sendo, na quinta-feira, dia seguinte à aprovação, os mercados mundiais caíram ou ficaram de lado.

No Brasil, a batalha da semana que vem será em torno da Petrobras devido ao leilão do campo de Libra. Funcionários das refinarias já pararam e jogam dúvidas sobre abastecimento de combustível na semama que vem. O governo garante que não faltará combustível por conta da greve, mas uma greve sabemos quando começa e não quando termina. Assim, é bom manter o automóvel de tanque cheio.

A China é todo sorriso. Contra todas as expectativas de que o gigante estava parando, o PIB anualizado aumentou 7,8% no terceiro trimestre desse ano e mantém o país como a economia que mais cresce no mundo. A letra "C" dos BRIC em breve pode deixar a sigla e se transformar em "país desenvolvido".

O volume acumulado de estrangeiros operando na Bovespa continua em seu topo de recorde, por volta de R$ 132 bilhões, medido em nossa página desde fevereiro de 2011. Nosso monitor de estrangeiros acompanha o balanço acumulado desde 2011 de forma automática em nosso servidor.

O IMA-entrada diário contiua parado em 0,73 e poderá cair mais rápido se a Bovespa continuar a crescer de forma mais consistente.

 

IMA crash = 0,0

IMA entrada = 0,73

 

 

A linha vermelha é a análise da transformada wavelet do Ibovespa para o nível de estresse e possível crash (quedas abruptas mas a nível de 15 minutos) e o gráfico em azul é a transformada wavelet para o nível de entrada no mercado

ANÁLISE SEMANAL

Na última análise de 11/10/2013 foi dito:" ....Para a semana que vem, o Ibovespa tem boas chances de continuar subindo na segunda-feira. Mas não podemos nos animar, o IMA-crash terminou nessa sexta-feira valendo quase 0,5.... Provavelmente essa "alegria" toda do rally dessa sexta-feira não passe de terça-feira que vem. A partir de terça-feira podemos começar a ter queda mais forte no Ibovespa novamente. Quanto? Vai depender do IMA-crash, se ele aumentar a queda pode ser maior do que 2%...".

O Ibovespa foi subindo e junto com ele o IMA-crash que estava na sexta-feira passada em 0,5. O IMA foi aumentando a cada 15 minuots de pregão na segunda-feria e terça-feira. Segunda-feira as ações da Bovespa subiram forte e na terça-feira mais ainda.

Dos 53 mil pontos da sexta-feira passada o Ibovespa chegou a valer na quarta-feira 56.694 pontos, quando o IMA-crash já tinha atingido 0,98 e depois começou a cair para 0,93. Pela tabela de acertos e erros ao lado, acima de 0,8 a queda é sempre forte e demora não mais do que dois dias e meio para acontecer.

O IMA-crash atingiu 0,98 na quarta-feira e na quinta-feira o Ibovespa veio abaixo, de 56.694 para 55.208 na quinta-feira. A queda foi de 2,62% entre o pico do alerta e a queda, conforme alertei na última análise. Na semana, no entanto, os investidores ainda estão num bom lucro, pois ganharam mais de 2.000 pontos no índice, com algumas ações tendo ótima performance.

Para a próxima semana a probabilidade ainda é bem alta para começarmos na segunda-feira com quedas fortes na Bovespa. O IMA-crash terminou nessa sexta-feira em 0,37, apontando continuidade de queda. Talvez as compras devem se tornar interessantes apenas no final da terça-feira, caso o IMA-entrada apareça forte. Mas para algumas ações devemos ter cautela.

A Gerdau caiu forte como o IMA-GGBR4 vinha apontando há dias (ainda em teste). Quase estacionado em (1,0) o alerta ficou forte durante alguns dias apontando estresse dessa ação e queda forte. Caiu de R$18,00 para R$16,69, ou seja, 7,2% de tombo avisado antes dos tradicionais alertas do mercado (veja figura abaixo).

USIMINAS foi outro bom acerto do IMA-crash dessa ação. Quando estava em R$12,21 o IMA-USIM5 estacionou em 0,76. Logo então a ação começou a cair e não parou mais, terminando a semana em R$ 11,24. A queda alertada bem antes foi de 8,2%, nada mal não é mesmo? (Veja o gráfico a seguir)

O leitor tem ação do banco ITAÚ (Itub4)? Fica então o alerta de possível virada. O IMA-Itub4 está muito alto, acima de 0,88. Podemos ter uma grande virada até o meio da semana que vem para essa ação, veja a seguir.

Acompanhe nossos indicativos na parte de assinantes do CANAL IMA-ONLINE. e saiba antes do mercado tradicional o que vai acontecer com suas ações. Venha fazer parte de nosso grupo de assinantes e desfrute de conhecer antes, o comportamento do mercado, através das frequências do IMA.

 

FATOS RELEVANTES POSITIVOS

Terminou o "Shutdown" dos EUA.

Teto da dívida dos EUA é aumentado.

Semana que vem acontece o leilão d o campo de Libra do pré-sal.

Ouro sobe 3,7% na semana

China cresceu 7,8% no terceiro trimestre-2013

Dolar cai abaixo de R$ 2,15 na semana.

OGX renegocia dívida com credores.

 

FATOS RELEVANTES NEGATIVOS

"Parada" dos EUA custou US$ 24 bilhões.

Funcionários de algumas refinarias da Petrobras entram em greve.

Fitch afirma que risco de inflação alta no Brasil não caiu.

 

 

PRÓXIMA SEMANA

Greve dos petroleiros da Petrobras

dias observação 1102

Eventos(sinais de alerta de crash)

73
Acertos 65 (89%)
Falsos Alarmes 08 (11%)
Queda média -2,58%
Queda máxima -6,73%
Queda mínima -0,08%
Valorização média nos falsos alertas +1,46%
Valorização máxima nos falsos alarmes +2,3%
Valorização mínima nos falsos alarmes +0,2%
Tempo médio até o mínimo valor após o sinal de alerta 2,54 dias
Tempo máximo até o mínimo valor após o sinal de alerta 7,27 dias
Tempo mínimo até o mínimo valor após o sinal de alerta 30 minutos