Ibovespa diário- Resultados - 17/2/2010 a 19/02/2010

O cenário da semana não é bom. Apesar da alta de quarta-feira e quinta-feira do Ibovespa, por conta de alguns índices favoráveis nos EUA e o possível acordo de ajuda da União Européia à Grécia, o FED aumentou os juros para créditos de empresas e bancos de 0,5% para 0,75%. Isso pegou todo mundo de surpresa pois esperava-se começo de altas apenas no final do semestre. A discussão que volta a aparecer é se o aumento é para previnir de algo percebido só pelo FED ou se é uma correção tardia. Outra notícia nada boa é que as vendas de Janeiro na Inglaterra caíram 1,2%, enquanto se esperava uma queda de 0,5%, conforme comentamos no texto "E o Big Ben parou".

O IMA agora não para de cair. A cada dois dias cai alguns milésimos. Se lembrarmos da semana passada ele estava em 0,79 e agora já estacionou em 0,78. Se forem observados os dados históricos da explicação do IMA, pode-se reparar na parte dos gráficos do Dow Jones (1929) e Ibovespa, que sempre que o IMA cai, reflete queda dos indices analisados. Nunca ocorreu do IMA ir a zero sem os índices ou ações irem a zero também. Então essa queda do IMA pode ser alguma antecipação de novo movimento em direção a 60 mil que muitos analistas começam a dizer. Recomendação para o investidor de longo período: ficar fora do mercado.

Bovespa intraday- Resultados - 17/2/2010 a 19/02/2010

Na figura ao lado são apresentados três gráficos onde aparece em linha contínua preta o índice Ibovespa, com dados tomados automaticamente a cada 15 minutos. A linha vermelha é a análise da transformada wavelet do Ibovespa para o nível de estresse e possível crash (quedas abruptas mas a nível de 15 minutos) e o gráfico em azul é a transformada wavelet para o nível de entrada no mercado.

Passou o Carnaval e o IMA-intraday continua recomendando venda. Do patamar de 0,6 o IMA voltou para 0,9 nesses três dias de negociação. Na quarta-feira passada já tinha recomendação de forte venda em torno de 0,8 e depois de cair para 0,6 aumentou para 0,9 na quarta-feira de cinzas ( no final do dia). Está muito alto e apesar de ter adquirido excelente retorno se tivesse permanecido comprado em 66 mil contrariando a recomendação, esse fato seria um lance de sorte e não de estratégia. Como os relatórios são de estratégia do IMA e não de lances de sorte, mantém-se a recomendação de ficar fora de trades curtos. Segunda-feira ou terça-feira pode ter reviravolta. A estatística da página análises diz que o tempo médio de queda depois do aviso é de cerca de 3 dias e o máximo de 7 dias.

No gráfico ao lado, dessa vez foi colocado um destaque para os dados apenas dessa sexta-feira em linha tracejada azul. Pode-se observar que o Ibovespa ficou "preso" na mesma faixa de valor, apesar de fechar em baixa. O gráfico azul de entrada está em zero, logo a entrada no mercado poderá aparecer para teça-feira ou na quarta-feira. Recomendação para segunda-feira: ficar fora e esperar.

Análise IMA