Mudanças Abruptas

Análise Semanal Ibovespa

13/07/2012 a 20/07/2012

 

Até o Rei da Espanha aceitou diminuir seu salário para convencer a população que todo mundo vai perder. Um gesto simpático, mas todos os parlamentares e ministros deveriam fazer o mesmo na Espanha. Principalmente o ex-primeiro ministro Zapateiro, que levou a Espanha à crise.

E com isso, todas as bolsas caíram novamente na sexta-feira, vítimas do mal-humor espanhol e italiano. Até o livro "bege" do FED dos EUA tinha dado uma "pitada" de otimismo. O FED em sua ata diz que a economia americana continua crescendo lentamente, mas no rumo certo. A bolsa de valores de Milão caiu quase 5% com temores e a "fofoca" do mercado é que a Itália já se contaminou.

No Brasil a ata do COPOM veio em linha com todos os comentários sobre a taxa de juros. O BC diz que continuará baixar os juros devido ao temor da crise européia. Não há risco de inflação fora da meta, mas de desemprego fora do ideal. Os bancos que estavam resistindo em baixar a taxa de juros, começam a sofrer com a concorrência dos bancos do governo. Todos agora começam a praticar juros reais mais baixos. Parece que a presidente Dilma está ganhando a queda de braço, tentando trazer a taxa brasileira à níveis internacionais mais aceitáveis.

A indústria nacional está parando e o pior ... a indústria lá na China também. E com o pé no freio lá, é crise aqui. A produção do aço brasileiro está diminuindo, apesar da Vale aumentar sua produção de minério.

O IMA-entrada baixou nessa semana em 0,82, com a pequena alta semanal. Os estrangeiros continuam no mesmo nível de um ano e meio atrás, apesar de leve retorno nessa semana. Ainda está indefinido o que os estrangeiros vão fazer, mas com os comentários de crise na Espanha, podemos ter mais uma saída significativa em breve. Fique de olho em nosso monitor diário de estrangeiros na "aba" estrangeiros.

IMA crash = 0,0

IMA entrada = 0,82

 

 

A linha vermelha é a análise da transformada wavelet do Ibovespa para o nível de estresse e possível crash (quedas abruptas mas a nível de 15 minutos) e o gráfico em azul é a transformada wavelet para o nível de entrada no mercado

Na última análise de 13/07/2012 foi dito:" ... Segunda-feira de manhã a bolsa deve continuar a subir. Se for devagar o IMA-crash deve voltar a aparecer no final da tarde ou início da terça-feira. Dependendo da velocidade, quarta-feira poderá ser dia de reversão. Mas se o mercado for muito afoito a ponto do Ibovespa subir muito forte, a virada pode virar antes com o IMA-crash aparecendo..."

Na segunda-feira a bolsa não continuou a subir e ficou oscilando. Mas de terça-feira em diante a bolsa foi lentamente ganhando força e subindo.

A grande alta veio na quarta-feira a tarde e continuou na quinta-feira. Nada que fosse tão alto a ponto de uma virada abrupta. Tanto que o IMA-crash que estava subindo, estava com pouca velocidade. Mas quando atingiu 0,3 chegaram as notícias da Espanha e Itália e tudo virou. O IMA-entrada que estava caindo reverteu e voltou a subir.

Na segunda-feira o Ibovespa pode continuar caindo, uma vez que o IMA-entrada está caminhando para alta novamente. Mas se no fim de semana as notícias forem mais amenas, poderemos ter uma segunda-feira ainda indefinida. Se a Bovespa continuar caindo, pode acelerar as quedas no final da tarde de segunda-feira, levando o IMA-entrada a subir rápido.

 

 

 

 

 

FATOS RELEVANTES POSITIVOS

Salário Mínimo vai a R$ 667,75

Rei da Espanha diminui seu salário

Livro Bege do FED mostra que economia dos EUA cresce lentamente

FMI dá "puxão de orelha" no Banco Central Europeu

 

 

FATOS RELEVANTES NEGATIVOS

Trabalhadores da Petro ameaçam greve

JPMorgan confirma que tentou esconder perdas de US$ 6 bi.

GM suspende construção de fábrica em Santa Catarina

Serviços de telefonia vão muito mal.

Produção do aço cai 8,5% em Junho no Brasil

 

 

 

PRÓXIMA SEMANA

Ben Bernanke vai testemunhar no congresso americano sobre a economia nos EUA

Espanha ou Itália? Quem o Banco Central Europeu vai cobrar mais? E os juros? De quem o mercado vai cobrar mais?

 

 

 

dias observação 795

Eventos(sinais de alerta de crash)

53
Acertos 45 (84,9%)
Falsos Alarmes 08 (15,1%)
Queda média -2,57%
Queda máxima -6,73%
Queda mínima -0,08%
Valorização média nos falsos alertas +1,46%
Valorização máxima nos falsos alarmes +2,3%
Valorização mínima nos falsos alarmes +0,2%
Tempo médio até o mínimo valor após o sinal de alerta 2,71 dias
Tempo máximo até o mínimo valor após o sinal de alerta 7,27 dias
Tempo mínimo até o mínimo valor após o sinal de alerta 30 minutos