Mudanças Abruptas

Análise Semanal Ibovespa

18/05/2015 a 22/05/2015

 

Vem aí para a semana que vem a divulgação do PIB para o Brasil e para os EUA. Não vão faltar comparações, visto que o a variação do PIB do Brasil poderá ter negativa e dos EUA bem positiva e alta. Chumbo grosso para o lado do governo.

Mas nos EUA não existem elogios internos, visto que ano que vem é ano de eleição, e todo mundo está jogando. Inimigos de Obama o criticam de demorar muito para implementar novas regras para aumentar ainda mais o crescimento, e amigos o criticam sobre a escolha de apoios para a eleição. Ninguém tem vida fácil.

A bandeira chinesa está tremulando mais do que a brasileira em Brasília. O premiê chinês veio com a pasta cheia de papéis para a presidente Dilma assinar. Diversos empréstimos foram concedidos ao Brasil.

A PETROBRAS conseguiu da China R$ 5 bilhões de reais em empréstimos, a VALE vendeu 4 super-navios de minério para a China e a Embraer vendeu cerca de 50 aviões para os chineses. Fora isso ainda teve uma divulgação de fomento para a indústria de construção civil por parte dos chineses.

Os EUA não estão gostando tanto dessa amizade entre Brasil e China. Tornar a China o principal parceiro comercial está deixando os EUA com o pé atrás sobre Brasil.

Ainda sobre o Brasil, o ministro Levy "mãos de tesoura" está cortando até a própria sombra. Em reunião ministerial foi dito que os cortes estarão entre R$ 70 bilhões e R$ 80 bilhões. Só a Educação vai perder 13%, sabe como é, "Patria Educadora" não precisa mais de verba.

Salários dos políticos vão diminuir? Claro que não, e ainda os professores tem que ouvir entrevistas do governador Beto Richa do Paraná, dizendo que os professores ganham "muito bem".

Voltando aos EUA, a ata do FED já começa a sinalizar para os analistas que os diretores estão pensando em aumentar os juros nos EUA para o mês que vem. Se isso acontecer, nossa bolsa poderá sofrer um forte revés.

Na Europa, a grande preocupação é com o Estado Islâmico. A França já estuda uma força tarefa para barrar o futuro califado. O reino das mortes está batendo nas portas da Europa. Duas grandes cidades, uma da Síria e outra do Iraque já foram tomadas. Mas as atitutes da Europa só serão efetivas de fato, se o Estado Islâmico chegar aos poços de petróleo.

O volume de estrangeiros continua subindo e batendo recorde. No entanto, se o FED aumentar os juros no mês que vem, esse movimento vai diminuir bastante. Acompanhe nossa medida em nosso monitor de estrangeiros.

O IMA-entrada diário começou a semana caindo. Terminou a semana em 0,53, um dos mais baixos dos últimos 2 anos. Mas com a queda forte dessa semana, o IMA diário poderá voltar a subir um pouco. Para longo prazo, no entanto, o IMA ainda aponta bom momento de compra das ações para o investidor de longo prazo.

 

IMA crash = 0,00

IMA entrada = 0,53

 

 

A linha vermelha é a análise da transformada wavelet do Ibovespa para o nível de estresse e possível crash (quedas abruptas mas a nível de 15 minutos) e o gráfico em azul é a transformada wavelet para o nível de entrada no mercado

ANÁLISE SEMANAL - Bovespa Intradiário ( dados a cada 15 minutos)

Na última análise de 15/05/2015 foi dito: "..Para a semana que vem, o Ibovespa deve ainda continuar subindo até a parte da tarde de segunda-feira. O IMA-crash tem tudo para subir até o valor máximo de 1,0 ... estando no alto, o IMA-crash já nos alerta de um momento bastante perigoso de forte queda no Ibovespa. Então, para quem não comprou hoje, agora segunda-feira é arriscado...".

E foi arriscado mesmo.

O Ibovespa subiu até as 11:30 de segunda-feira, não conseguindo se segurar até ao meio dia. As ações da Petrobras, como previsto, começaram o dia em alta forte, com a PETR4 ultrapassando os R$ 14,30. Mas então começou o "burburinho" de que o balanço estava errado, de que a parte contábil antecipou o que não devia, etc.

Tudo perfeitamente compreensível, visto que muita gente ganhou dinheiro com essa ação na semana anterior. Viraram a ponta para Put e "avisaram" a Folha de S.Paulo que soltou a notícia da possível fraude.

Na terça-feira o preço do petróleo desabou 4% fazendo a Petrobras cair mais de 6% ao longo do dia. E com ela caindo, o Ibovespa desabou junto. O IMA-crash intradiário do Ibovespa foi, mais uma vez, bem certeiro. A figura acima mostra a curva em vermelho indicando o IMA-crash acima de 0,9 e então a queda do Ibovespa.

Na quarta-feira surgiu o boato de que o governo iria taxar os dividendos e depois iria taxar os lucros dos bancos. As ações dos bancos desabaram, entre elas as que acompanhamos no CANAL ONLINE, tais como Bradesco, BB e Itaú.O IMA-crash do Itaú estava tão alavancado na sexta-feria passada, que sua queda era realmente muito certa. A figura abaixo mostra o comportamento do IMA-crash do Itaú e a queda da ação.

IMA-crash e Itub4 nessa semana que passou

A Embraer teve uma semana de "rainha do mercado". Com mais de 70 aviões com venda fechada a empresa comemorou seu melhor mês em muitos anos. Hoje nós estivemos in loco na empresa e vimos o hangar de entrega com uma fila de mais de 5 aviões já pintados e na pista esperando para ir embora. Dois eram da Alaska, outro da United e dois da Azul.

E não foi à toa que as ações dispararam nessa semana. Mas para a semana que vem, a cautela deve fazer parte do cenário. O IMA-crash da EMBR3 está acima de 0,6 e bastante inclinado, mostrando que rapidamente chegará a 0,8 (ver figura à seguir). Provavelmente essa ação poderá sofrer um forte revés após terça-feira. O preço de R$ 25,50 há muito tempo não era visto para a Embr3.

IMA-crash em comparação com EMBR3

Para a semana que vem, está um pouco difícil de fazer previsão do Ibovespa. Apesar do IMA-crash estar em baixa, o IMA-entrada do Ibovespa também está em baixa. Ambos estão em uma região de indecisão. Os dois índices estão na faixa de 0,1. Nesse caso a cautela é o melhor negócio. Algumas ações estão com forte alerta de compra o que pode provocar uma alta no Ibovespa.

Por exemplo, o leitor pode ver o caso da VIVO. O IMA-entrada está em queda, o que é um bom sinal e indicativo de hora de compra. Se realmente se concretizar, as ações da Vivo podem subir na próxima semana.

IMA-entrada da VIVT4

"Os mercados financeiros estão à beira de um catastrófico colapso". Essa observação foi feita hoje por David Stockman na CNBC. Conforme alertamos nos últimos dois anos, o plano de ação do FED na recompra dos títulos americanos foi um mau negócio. Desde ainda quando o presidente era Ben Bernanke, sempre afirmamos aqui, que as bolsas e os mercados subiriam, mas somente devido ao fator especulação.

Aparantemente, o mercado americano voltou a sua pujança, com força compradora superior a vendedora. Mas isso é um erro, pois o desemprego nos EUA, apesar de arrefecer bastante, ainda beira a casa dos 6%.

No entanto, essa catástrofe que começa a ser pregada nos veículos de mídia dos mercados econômicos, não acontecerá agora. Não ainda nesse primeiro semestre, onde serão testados todos os mercados antes da saturação (inclusive o Brasil). Provavelmente a Bovespa volte perto de seu recorde de 70 mil pontos até Outubro.

Se não voltar, é um bom sinal de que não teremos forte crash na bolsa esse ano. Mas se chegar, certamente o IMA-crash diário estará forte, o que vai nos colocar num cenário perigoso, como descrito por David Stockman. Como a Bovespa ainda não subiu tanto como o Dow Jones, Nasdaq, S&P500 e Nikkei, ainda existe um bom espaço para os estrangeiros ganharem dinheiro por aqui.

Assim como a Bovespa, também o Hang Seng (China) não chegou perto de seu recorde. O Hang Seng está em 27 mil pontos, antes de 2008 estava explodindo acima de 33 mil pontos. Os mercados serão todos testados antes de um novo crash como o apregoado por David Stockman. E talvez nem tenhamos crash nenhum.

Dentro do CANAL de assinantes, existem outras ações com alertas de entradas e saídas interessantes.

Acompanhe nossos indicativos na parte de assinantes do CANAL IMA-ONLINE. e saiba antes do mercado tradicional o que vai acontecer com suas ações. Venha fazer parte de nosso grupo de assinantes e desfrute de conhecer antes, o comportamento do mercado, através das frequências do IMA.

Gostou da análise semanal?

COLABORE COM DONATIVO PARA O SITE

(R$ 2,00 ; R$ 5,00 ; R$ 10,00 )

 

FATOS RELEVANTES POSITIVOS

Eletrobras registra lucro de R$ 1 bilhão no 1o. trimestre.

VALE contrata nova linha de financiamento de US$ 3 bilhões com prazo de 5 anos.

POSITIVO registrou lucro de R$ 11 milhões. O valor foi 918% superior ao mesmo trimestre do ano passado.

VALE venderá 4 navios a China.

PETROBRAS assina empréstimo de US$ 5 bilhões com a China.

Governo aumenta imposto sobre o lucro líquido dos Bancos de 15% para 20%.

EMBRAER vende 30 jatos para a Azul.

 

FATOS RELEVANTES NEGATIVOS

USIMINAS decidiu desligar dois altos fornos de Cubatão e Ipatinga.

Surgiram boatos que o governo cobraria imposto de renda sobre dividendos. Desmentida depois pelo governo.

PETROBRAS estuda novo aumento de gasolina para o 2o. trimestre.

Ata do FED indica pequena possibilidade para mudança dos juros no próximo mês.

 

 

 

PRÓXIMA SEMANA

Pesquisa sobre o consumidor em Maio no Brasil

Confiança do consumidor nos EUA em Maio.

Vendas de casas novas nos EUA em Abril

Sondagem da Indústria no Brasil em Maio

IGP-M de Maio

PIB do 1o. trimestre no Brasil

PIB do 1o. trimestre nos EUA.

 

dias observação 1415

Eventos(sinais de alerta de crash)

92
Acertos 83 (90,2%)
Falsos Alarmes 09 (9,80%)
Queda média -2,69%
Queda máxima -6,91%
Queda mínima -0,08%
Valorização média nos falsos alertas +1,46%
Valorização máxima nos falsos alarmes +2,3%
Valorização mínima nos falsos alarmes +0,2%
Tempo médio até o mínimo valor após o sinal de alerta 2,67 dias
Tempo máximo até o mínimo valor após o sinal de alerta 10 dias
Tempo mínimo até o mínimo valor após o sinal de alerta 30 minutos