Mudanças Abruptas

Análise Semanal Ibovespa

23/05/2016 a 27/05/2016

 

Mais uma semana de denúncias e revelações bombásticas sobre os corruptos do Brasil. O clube é grande e muito bem orquestrado. Tudo o que se comentava antes agora se torna realidade. Eles próprios afirmam que não sobra ninguém.

Governador corrupto? Segundo as gravações não sobra um. Interessante que nenhum governador se manifestou para rebater as afirmações e se calaram. Estão todos com medo mesmo.

O "efeito" Pedro Parente na Petrobras continua. Mais uma semana que as ações estão apanhando. E não contente com isso o governo ainda promoveu o efeito "fundo soberano". Com a extinção do fundo, as ações do Banco do Brasil agora não param de cair. Do patamar de quase R$ 23,00 bateram o fundo do poço em R$ 16,00.

E as escolhas erradas por nomes errados em lugares errados deve continuar, em qualquer ministério. Perdeu-se tanto o rumo que agora até ator pornográfico se acha "entendido" de educação e propõe uma "agenda de ensino". É o fim.

Com a semana fraca, apesar do feriado, os dias foram tensos com as negociações indicando ladeira abaixo. No cenário internacional três acontecimentos foram importantes na semana.

O primeiro foi a visita de Obama a Hiroshima, uma visita simbólica que finalmente sela uma reconciliação definitva após a explosão da bomba atômica. Foi a primeira visita de um presidente dos EUA desde a segunda guerra mundial.

O segundo acontecimento foi a boa alta no preço do petróleo. Depois de muito tempo o petróleo ultrapassou a barreira dos US$ 50 nessa semana. E por fim, a reunião do G7 discutiu medidas para aumentar incentivos e crescimento econômico no mundo. Existe um temor velado de outra crise igual a 2008.

Já na França o cenário é de caos e revolta. O governo, apesar de socialista, está querendo modificar a lei trabalhista. As principais cidades estão com passeatas e brigas entre polícia e manifestantes.

O investimento estrangeiro na Bovespa não para de cair desde o começo de Maio. Foi anunciado por Janet Yellen que o FED finalmente está pronto para aumentar os juros nos EUA. Deveremos ter queda mais acentuada nos investimentos na Bovespa. Acompanhe nossa medida em nosso monitor de estrangeiros.

O IMA-entrada diário voltou a subir um pouco nessa semana, com as constantes quedas nos dias antes do feriado. Nessa sexta-feira após o feriado, com a nova queda, o IMA deve aumentar um pouco mais para a semana que vem.

 

IMA crash = 0,00

IMA entrada = 0,59

 

 

A linha vermelha é a análise da transformada wavelet do Ibovespa para o nível de estresse e possível crash (quedas abruptas mas a nível de 15 minutos) e o gráfico em azul é a transformada wavelet para o nível de entrada no mercado

ANÁLISE SEMANAL - Bovespa Intradiário ( dados a cada 15 minutos)

Em nosso relatório do dia 20/05/2016 escrevemos: ".... Isso pode indicar mais queda do Ibovespa na abertura dos mercados na segunda-feira pela manhã ....O melhor seria esperar o IMA-entrada chegar a zero para se ter certeza de mudança de rumo no Ibovespa .... O IMA-entrada está em queda, mas como a velocidade está diminuindo, pode ser que o IMA-entrada aumente na segunda-feira novamente. Sinal de mais queda no Ibovespa...."

E realmente o estacionamento na queda do IMA-entrada estava correto. O aumento nas ações não aconteceria na segunda-feira. Com o vazamento das conversas do senador Romero Jucá (que parece já cair no esquecimento) as ações abriram em forte queda na segunda-feira.

Dos 49.722 pontos de sexta-feira passada, o Ibovespa abriu segunda-feira em 48.769 pontos. Ao longo do dia o mercado melhorou um pouco, mas terminou o dia ainda em baixa.

Na terça-feira o mercado abriu em alta, mas antes do meio dia já estava virando para baixo novamente. O Ibovespa terminou a terça-feira em 49.345 pontos.

Quarta-feira parecia um bom dia, mas... outras gravações surgiram, agora sobre o senador Renam e José Sarney. Tudo virou após o meio dia, véspera do feriado. De uma alta que estava em 50.262 pontos, o Ibovespa caiu 49.497 pontos.

E na sexta-feira após o feriado, outro desastre com novas revelações das gravações fizeram o Ibovespa bater em 48.938 pontos ao final do pregão. O que fazer para a semana que vem?

Melhor esperar mesmo. Nunca se sabe quando teremos novas gravações de políticos. E cada uma cresce a certeza de esquema global e suprapartidário para enganar o povo brasileiro. E as ações refletem isso. Em termos do IMA, tanto IMA-crash quanto IMA-entrada estão em zero, o que não nos indica nada.

Melhor mesmo é ter cautela para o início da semana.

Um bom acerto na indicação de compra foi dado pelo IMA-entrada (linha verde no gráfico a seguir) para as ações da FIBR3. Dos R$ 30,03 após o IMA-entrada quase atingir seu valor máximo, a ação saltou para R$ 32,24. Uma alta de 7,3% em dois dias.

FIBR3 - IMA-entrada x Preço

As ações da AMBEV tiveram boa alta na semana, apesar de todo o rebuliço. No entano, seu IMA-crash está bem alto e estacionado. Pode ser sinal de forte queda na semana que vem.

ABEV3 - IMA-crash x Preço

Acompanhe nossos indicativos na parte de assinantes do CANAL IMA-ONLINE. e saiba antes do mercado tradicional o que vai acontecer com suas ações. Venha fazer parte de nosso grupo de assinantes e desfrute de conhecer antes, o comportamento do mercado, através das frequências do IMA.

Gostou da análise semanal?

COLABORE COM DONATIVO PARA O SITE

(R$ 2,00 ; R$ 5,00 ; R$ 10,00 )

 

FATOS RELEVANTES POSITIVOS

Conselho da PETROBRAS analisa com cuidado indicação do novo presidente.

PETROBRAS conclui oferta de títulos no valor de US$ 6,7 bilhões.

Ministério da Educação mantém FIES e PRONATEC

BNDES terá que devolver ao tesouro R$ 100 bi

 

FATOS RELEVANTES NEGATIVOS

CEMIG recebe da Bolsa de NYork notificação por descumprimento de regras.

Governo extingue o fundo soberano e ações do BB despencam.

COMGAS vai reajustar tarifas do gás em 21%

 

 

 

PRÓXIMA SEMANA

IGPM de Maio

Balança Comercial do Brasil em Maio

Pesquisa Industrial de Abril no Brasil

Divulgação da taxa de desemprego nos EUA

 

dias observação 1662

Eventos(sinais de alerta de crash)

109
Acertos 101 (92,7%)
Falsos Alarmes 08 (7,3%)
Queda média -2,91%
Queda máxima -7,77%
Queda mínima -0,08%
Valorização média nos falsos alertas +1,46%
Valorização máxima nos falsos alarmes +2,3%
Valorização mínima nos falsos alarmes +0,2%
Tempo médio até o mínimo valor após o sinal de alerta 2,69 dias
Tempo máximo até o mínimo valor após o sinal de alerta 10 dias
Tempo mínimo até o mínimo valor após o sinal de alerta 30 minutos