Mudanças Abruptas

Análise Semanal Ibovespa

24/10/2016 a 28/10/2016

 

ANÁLISE SEMANAL - Bovespa DIÁRIO ( dados de fechamento)

IMA crash - DIÁRIO= 0,89

IMA entrada - DIÁRIO= 0,00

 

O IMA-crash diário entrou na área de alerta vermelho. Ultrapassou a linha imaginária dos 0,8 pontos, decisivos para um processo de correção forte na Bovespa. Quando?

Caro leitor, o que você fazia em 5 de abril de 2012? Faz tempo, não é mesmo? Muitas coisas aconteceram naquele ano, com as previsões de fim de mundo sendo vendidas em livros, filmes e versões de previsões pessimistas para todo aquele ano.

Pois bem, no dia 5 de abril de 2012, o IMA-crash diário apareceu pela última vez acima de 0,8 pontos.

Como pode-se ver no gráfico a seguir, a queda na Bovespa foi forte e se iniciou uma semana depois do alerta. Começou com apenas uma correção e foi se aprofundando, caindo exatamente 48 dias úteis.

A linha vermelha marca a trajettória do IMA-crash, a linha azul do IMA-entrada e a linha preta os pontos do Ibovespa.

 

O fundo do poço para o Ibovespa naqueles dias foi em 12 de junho de 2012. Quando nosso alerta de crash avisou sobre a queda forte, o Ibovespa estava em torno de 68.257 pontos. Ao cair, chegou em 55.039 pontos.

A queda em 48 dias foi de 19,36 %.

Então...... vamos ficar atentos porque novamente poderemos ter, com alta probabilidade de acerto (95%), uma grande queda nas próximas semanas no Ibovespa. Esperar para ver.

O que causaria essa queda?

Ao olharmos ao lado, na coleta sobre os fatos relevantes negativos na semana, observamos que a vida real está muito mais complicada do que os "otimistas" estão querendo vender na televisão.

Nos fatos relevantes ao lado, podemos observar que as grandes empresas estão tomando um grande tombo no trimesre, na comparação anual.

Empresas grandes como BRF, USIMINAS, PÃO DE AÇUCAR, Droga Raia, Lojas Renner entre muitas outras vieram com relatórios horríveis.

Até mesma a loja da "dona " Marisa, sempre otimista com suas vendas, apresentou um prejuízo trimestral de R$ 46 milhões.

Então o que temos é uma vida real que anda pra trás, mas uma vida fictícia do mercado que anda pra frente. Vai rachar.

Para a bolsa e ações subirem com consistência, a vida real tem que ser consistente, com vendas fortes, baixo desemprego, baixa inflação e baixo juros na Selic.

Talvez seja esse o motivo para uma possível queda em breve.

Outro motivo poderá vir de fora. Por exemplo pode ser do Deutsche Bank e sua multa bilionária. Poderá ser da eleição americana, poderá ser de um agravante cenário na Síria, enfim, algum motivo será o estopim da queda.

Pode ainda ser político.

Agora começam a bater na porta da frente de Temer os desvios praticados por todos os seus ministros. Serra é tido como um milionário com conta na Suiça, segundo os jornais da sexta-feira.

E ainda nem começou a delação de Marcelo Odebrecht.

O que podemos dizer, é que o Ibovespa está com cara, com cheiro e com jeito de grande queda, e com IMA-crash alto !

O movimento de estrangeiros continua entrando forte na Bovespa. Isso se reflete na queda forte do dolar e na alta forte da Bovespa nesse mês de Outubro. Nessa semana não foi diferente, ainda com movimento de alta na entrada dos estrangeiros, tanto para compras, quanto para vendas das ações brasileiras. Acompanhe nossa medida em nosso monitor de estrangeiros.

 

 

ANÁLISE SEMANAL - Bovespa INTRADIÁRIO ( dados a cada 15 minutos)

A linha vermelha é a análise da Transformada Wavelet do Ibovespa para o nível de estresse e possível crash (quedas abruptas mas a nível de 15 minutos) e o gráfico em azul é a Transformada Wavelet para o nível de entrada no mercado

 

Em nosso relatório do dia 21/10/2016 escrevemos: "...Para a semana que vem, em movimento normal, uma queda forte e generalizada poderá ocorrer. ...No entanto, se o preço do barril continuar aumentando no mercado internacional e se a Petrobras continuar vendendo patrimônio para fazer caixa, é bastante provável que a Bovespa resista novamente...."

Como foi alertado, veio uma queda em torno de 1000 pontos na semana. Apenas uma correção natural que nem fez o IMA-crash intradiário zerar. Mas como eu escrevi acima, o preocupante é que o IMA-crash diário também está "estourando". Isso é perturbador.

O Ibovespa começou a semana em 64.140 pontos e chegou na segunda-feira aos 64.682 pontos. Com isso o IMA-crash intradiário passou dos 0,8 pontos e o Ibovespa começou a cair a partir do meio dia de segunda-feira.

E foi caindo nos dias seguintes até que quarta-feira às 11:30 quando atingiu o poço de 63.211 pontos.

Então o Ibovespa começou a se recuperar, por conta da aprovação do congresso da PEC malvada (241) que limita os gastos dos futuros governos por 20 anos. Terrível.

Mas o "senhor mercado" gostou e tudo subiu na bolsa, inclusive com maior entrada de estrangeiros. E mais estrangeiros entrando, mais o dolar cai. Não vai demorar muito e vai começar o xororô dos exportadores. É sempre assim.

Uma das ações que mais estavam subindo na sexta-feira era da USIMINAS, cerca de 7% pela manhã. E o leitor deve ter pensado que o relatório trimestral demonstou lucro.

Engano. A empresa está com uma dívida monstruosa, mas conseguiu ter um prejuízo "menor" no trimestre e o "senhor mercado" gostou. A visão é que a situação está sob controle agora. E na parte da tarde a ação avançou ainda mais, com alta de 11% no dia.

Para a semana que vem, a perspectiva de alta probabilidade é a mesma dessa semana, ou seja, uma correção ao longo da semana. O problema é que a qualquer momento essa correção poderá se transformar em queda generaliada e forte.

Como se pode ver na tabela a seguir, existe uma probabilidade de 80% de queda acima de 2% no Ibovespa já para os próximos 2 ou 3 dias. Para uma queda de 3% a probabilidade é de 69%.

 

Para as ações, um bom acerto foi o IMA-entrada para a BRFS3, como se pode ver a seguir.

Quando o IMA-entrada apareceu e começou a cair a ação disparou. Do ponto mais baixo para o mais alto a alta se configurou em 3,77%.

 

BRFS3 x IMA_crash

 

O acerto do IMA-crash para a Brasken (BRKM5) foi muito bom. Quando o IMA estava em estado de alerta, o preço da ação era de R$ 28,71 e então começou a cair, forte, muito forte como se vê a seguir.

Em seu valor mínimo o preço foi de R$ 26,85. A queda alertada "insistentemente" pelo IMA-crash foi de 6,5%.

 

CSNA3 x IMA_crash

 

A GGBR4 foi outra ação em que o IMA-crash alertou corretamente.

Ao bater no topo de (1,0) o IMA-crash alertou de uma forte queda na Gerdau. Dos R$ 11,03 a ação caiu para R$ 10,31. Uma forte queda de 6,5%, como pode ser conferido a seguir.

 

GGBR4 x IMA_crash

Tem mais alertas para semana que vem. Veja você mesmo!

Acompanhe nossos indicativos na parte de assinantes do CANAL IMA-ONLINE. e saiba antes do mercado tradicional o que vai acontecer com suas ações. Venha fazer parte de nosso grupo de assinantes e desfrute de conhecer antes, o comportamento do mercado, através das frequências do IMA.

Gostou da análise semanal?

COLABORE COM DONATIVO PARA O SITE

(R$ 2,00 ; R$ 5,00 ; R$ 10,00 )

 

FATOS RELEVANTES POSITIVOS

PETROBRAS cria Comitê de Minoritários

VALE acredita que preço do minério de ferro permanecerá estável em 2017.

AT&T compra a Time Warmer

EMBRAER fecha acordo com a SEC (EUA).

NATURA troca de presidente.

Hopi Hari entra em recuperação judicial.

 

FATOS RELEVANTES NEGATIVOS

1-ELETROBRAS vai demitir 50 executivos por destruição de provas.

2- RENNER tem queda de 74% no lucro trimestral na comparação anual.

3- APPLE apresenta queda de 19% nos lucros.

4- VALE tem queda de 48% no lucro trimestral na comparação anual.

5- JBS tem queda forte na semana, com BNDES contrário a reorganização societária.

6- Lucro da Samsung cai 28,7% no trimestre.

7- BRF tem queda de 98% no lucro trimestral.

8- USIMINAS tem prejuízo de R$ 107,13 milhões no trimestre.

9- PÃO DE AÇUCAR tem prejuízo de R$ 309 milhões no trimestre.

10-RAIA Drogasil tem lucro 41% menor no trimestre.

 

 

PRÓXIMA SEMANA

Atividade Industrial de outubro

IPC-S das capitais

Nível de construção no Brasil em outubro

IGPM de outubro

PIB dos EUA no 3o. trimestre

Confiança do Consumidor nos EUA

 

dias observação 1770

Eventos(sinais de alerta de crash)

116
Acertos 108 (93%)
Falsos Alarmes 08 (7%)
Queda média -2,88%
Queda máxima -7,77%
Queda mínima -0,08%
Valorização média nos falsos alertas +1,46%
Valorização máxima nos falsos alarmes +2,3%
Valorização mínima nos falsos alarmes +0,2%
Tempo médio até o mínimo valor após o sinal de alerta 2,59 dias
Tempo máximo até o mínimo valor após o sinal de alerta 10 dias
Tempo mínimo até o mínimo valor após o sinal de alerta 30 minutos