Suporte e Resistência - Como interpretar e como operar?

 

Num mercado em queda, o suporte é um nível de preço onde os compradores entram no mercado e os vendedores mais antigos liquidam suas posições vendidas com força suficiente para evitar que os preços caiam ainda mais. Num mercado em alta, a resistência é um nível de preço onde os vendedores entram no mercado ou os compradores mais antigos liquidam suas posições compradas com força suficiente para evitar que os preços subam ainda mais.


Níveis de suporte e resistência são pontos de referencia significativos, porque muitos investidores reconhecem os suportes e resistências nos gráficos e acreditam no seu significado.


Esta afirmação pode parecer redundante para algumas pessoas, mas realmente ilustra um ponto muito importante sobre a natureza dos mercados (investidores agindo com suas convicções no valor futuro). Todas as crenças, eventualmente, se tornam profecias auto-realizáveis. Se os investidores acreditam suficientemente na importância do suporte e da resistência, e demonstram suas convicções, fazendo operações nestes níveis, eles estão de fato completando suas próprias crenças no valor futuro.


Como observadores, se sabemos que cada lado (no cabo de guerra perpetuo entre compradores e vendedores) espera que alguma coisa aconteça, então vamos saber quem será o vencedor, quem será o perdedor, e o que eles provavelmente farão em cada situação e como isto afetará o equilíbrio entre estas duas forças.


Por exemplo, se os compradores estão ofertando ações acima do preço de mercado fazendo os preços subirem, e de repente, todos os investidores vendem com preços inferiores ao último preço (ou um investidor entra no mercado com uma ordem enorme de venda), causando uma reversão imediata dos preços, o nível do preço onde o mercado parou passa imediatamente a ser uma resistência.


Agora, realmente não importa porque o equilíbrio das forças passou dos compradores para os vendedores. Certamente, todo mundo vai ter suas próprias razões para o que causou a reversão dos preços. Todos geralmente irão muito além de uma simples e obvia razão, que investidores suficientes mostraram força de convicção suficiente em suas crenças do valor futuro para parar o impulso ascendente dos preços e criar um movimento de preço descendente.


O que é realmente importante sobre isto, entretanto, é que muitos investidores lembrarão que o mercado reverteu neste nível de preço. Como resultado, este preço passará a ter um grau de significância na mente daqueles investidores que experimentaram esta reversão.


Primeiro, está reversão passa a ser um topo. O que não sabemos é se ela permanecerá como topo, e quanto tempo esse topo vai demorar antes que ela seja desafiada novamente ou se ela será realmente desafiada novamente.


Se os compradores são dominantes o suficiente para ofertar e fazer o mercado voltar para o topo anterior, eles vão considerar esta segunda tentativa como um teste e começarão a antecipar se os preços podem ou não superar o topo anterior. A única coisa que pode acontecer é estes preços altos realmente atraírem mais investidores para o mercado na ponta compradora, porque eles acreditam que esta é uma boa oportunidade de comprar barato em relação ao preço futuro. Os operadores das mesas estão especialmente cientes da existência ou não de novos investidores que estão sendo atraídos para o mercado a partir das telas de ofertas e certamente agirão com estas informações.


Para a compreensão deste exemplo, se o mercado reverteu muito fortemente na última vez que os preços alcançaram este nível, haverá muitos investidores que pensarão que ele provavelmente reverterá novamente. Como resultado, eles podem atuar em sua crença sobre a baixa probabilidade dos preços serem negociados acima do último topo e assim impedir que isto aconteça. Se mais investidores estiverem dispostos a agir sobre a crença de que os preços não irão romper em relação àqueles que acreditam que eles irão, então os preços vão parar novamente.


Tecnicamente, uma vez que o mercado testa o topo anterior ou um suporte anterior, e não consegue evoluir, então você tem uma área de suporte e resistência definida. Uma vez identificado e estabelecidos os pontos de suporte e resistência, pode ser muito mais fácil operar colocando suas ordens próximas das linhas de suporte e resistência.


Por exemplo, se durante as duas últimas semanas, cada vez que a Petr4 chegou a R$20,30, e em seguida, caiu de forma significativa para algum nível de suporte, como R$19,30, o que acabamos de descrever é uma zona de suporte e resistência, vulgarmente denominada com sendo uma faixa de negociação. O significado de cada extremidade da zona será determinado por quantas vezes os preços subiram para R$20,30 e não conseguiu romper, e quantas vezes os preços caíram para R$19,30 e não conseguiu romper. Obviamente quanto mais tentativas e fracassos, mais pesos estes pontos terão nas mentes dos investidores que experimentaram estes testes e falhas subseqüentes.


Para um observador frio, sem tendência em qualquer direção particular, faixas de negociação pode ser uma maneira muito fácil de fazer dinheiro. Quando a Petr4 se aproximar de R$20,30, coloque uma ordem de venda por volta dos R$20,25, pois sabemos que os mercados não são precisos, então não vamos colocar nossa ordem de venda exatamente na extremidade superior da faixa, porque cada vez que o mercado faz uma tentativa de penetração surgem muitos investidores que estão antecipando o fracasso. Como resultado eles vão começar a vender cedo e talvez nunca o preço chegue a R$20,30 para que você acerte na mosca, caso nossa oferta fosse colocada neste nível.


Também coloque uma ordem no mercado para estopar e reverter (duas compras), possivelmente em torno de R$20,35. Cada circunstância será diferente. Neste exemplo, os “dez centavos” que demos para o mercado se definir pode não ser suficiente. O correto seria colocar suas ordens em um lugar onde à probabilidade maior seria dele continuar na direção da sua operação. Se o mercado seguir até os R$20,35, ele ainda poderá não ser suficiente para que os vendedores mais antigos fiquem decepcionados e resgatem suas posições em massa, fazendo que os preços subam ainda mais. Este é o risco envolvido neste tipo de operação.


Esta operação vai funcionar se o nível de resistência tem um alto grau de significado nas mentes dos investidores, suficiente para que eles vendam agindo contra em relação àqueles que desejam comprar. Cada vez que o mercado se aproximar desta área, os investidores vão esperar que uma das duas realidades aconteça: O mercado vai romper ou vai falhar novamente. Em qualquer dos casos, o movimento dos preços que resultam são muito significativos, porque um lado do mercado ficará desapontado. E, se sabemos o que validará e também o que decepcionará cada grupo, então podemos determinar como eles provavelmente se comportarão, e assim, afetar o equilíbrio do mercado.


Uma vez que o mercado pode exibir bilhões de combinações de comportamentos de um ponto para outro, os pontos de referência significativos, como suporte e resistência, reduzem estes comportamentos para baixo em apenas duas prováveis possibilidades. Colocando sua ordem nos dois lados, você pode tirar vantagem da situação, independentemente do que vai acontecer.
Quer verificar se o texto acima tem fundamento? Confira as análises técnicas no link:

http://www.maurimendes.com.br


Um abraço e Boa Semana!

 

 

email: Maurimendes@uol.com.br

 

COLUNA - Mauri Mendes

Suporte e Resistência - Como interpretar como operar?

 

Consultor Mauri Mendes

(Especialista em Controladoria Financeira)

APVE - EMBRAER


 

 

 

 

 

 

21-Janeiro-2013