Mudanças Abruptas no Mercado e Gestores de Fundos

 

As mudanças abruptas nos preços dos ativos têm acabado com a tranqüilidade daqueles que usam o mercado financeiro para acumular capital visando melhorar sua qualidade de vida. Preços que caem demais e rapidamente causam apreensão por parte principalmente dos pequenos investidores e dos que não acompanham o dia a dia do mercado financeiro. Neste cenário, os pequenos preferem aplicações com rentabilidade modesta e sem tantos sustos: mais do que um investimento é o seu futuro que se torna muito incerto e sua aversão pelo risco sobe.

O que faz haver mudanças abruptas nos preços dos ativos é objeto de ira e indignação por parte não só dos investidores, mas da sociedade em geral. Tem sido apontado com mais freqüência a ganância dos gestores de fundos de investimentos e até a necessidade de as empresas publicarem o resultado trimestral. Estes fatores não são a real causa e a real causa está muito mais próxima dos pequenos investidores do que eles imaginam.

O que dizer da publicação de cotas dos fundos de investimentos mensalmente ou até diariamente? As cotas dos fundos refletem o valor de mercado das ações no dia em que a cota foi gerada. Com um mercado com manias e pânicos, os preços das ações podem se afastar de seu verdadeiro valor e isto não está sendo compreendido pelos pequenos investidores.

Imaginem um gestor de fundo de investimentos que coloque na carteira empresas com grande potencial de valorização. Para que esta valorização ocorra, é necessário que o gestor tenha uma opinião mais favorável do que o mercado...e aí que começam os problemas. Mesmo que o gestor deste fundo tenha a melhor das visões, se o mercado demorar a reconhecer que aquelas empresas têm grande potencial, a valorização da cota do fundo de investimentos não ocorrerá. Como a cota é publicada diariamente e, com certeza, mensalmente os cotistas comparam o fundo que têm com os outros fundos, estes cotistas exercerão uma pressão intensa sobre o gestor de fundos que não obteve a valorização (mesmo que o potencial seja bom). O final de tudo isto é que a pressão dos cotistas se transformará em ordem de resgate e o gestor do fundo, mesmo acreditando que a empresa tenha potencial, é obrigado a vender as ações com grande potencial.

Para que escolher ações com grande potencial de valorização se não haverá tempo para que esta valorização aconteça é a pergunta que deve passar na cabeça dos gestores de fundos de investimentos ativos. A estratégia ideal passa a ser acompanhar o que o mercado está pensando e achando das empresas e aí, mesmo que exageros sejam feitos, os gestores acompanham os exageros. A correção, quando vem, é forte desta maneira e é feita tanto na parte mais dolorosa (que é a baixa) quanto na parte menos percebida (que é a alta).

A real causa das mudanças abruptas então não estaria no comportamento dos cotistas de fundos de investimentos, ou seja, da população em geral que compara a rentabilidade de fundos de risco no curto prazo. Nada de problemas com a remuneração dos gestores, com a publicação do resultado trimestral.

email:Ricardo.j.almeida@terra.com.br

 

 

Artigo

Mudanças Abruptas no Mercado e Gestores de Fundos

 

Prof. Dr. Ricardo Almeida

(Administrador)

Insper Ibmec São Paulo


 

 

 

 

21-Fev-2010